Neymar, o rei do livramento – Jornal A Gazeta

Neymar, o rei do livramento

A contusão de Neymar substancia uma opinião do colunista que vos escreve: a de que o craque brasileiro tem uma relação de “parça” com o livramento. Seja por contusão, suspensão ou até mesmo para se preservar, ele sempre está livre de eliminações históricas da seleção brasileira, agora, essa parceria também chegou ao Paris Saint Germain. Em 2014, no inesquecível 7×1, Neymar não estava em campo. Em 2015, na eliminação brasileira na semifinal da Copa América para o Paraguai, estava suspenso. Na Copa América Centenário, em 2016, não participou da precoce volta para casa do Brasil, ainda na fase de grupos da competição, após a derrota para o Peru, pois estava sendo poupado para a disputa das Olimpíadas do Rio de Janeiro. Em 2018, Neymar e o livramento fazem dobradinha novamente; desta vez, na Liga dos Campeões da Europa, onde o seu clube, o PSG, recebe o Real Madrid pelo jogo de volta das oitavas de final. Se o time francês não conseguir reverter o placar de 3×1, Neymar estará livre de mais um insucesso. Não seu, mas de seus companheiros. Ô homem de sorte!

Paulistão
O clássico Santos e Corinthians, neste domingo, 4, às 15h*, na Vila Belmiro, é o destaque da 10ª rodada do Campeonato Paulista. O Timão vem embalado para mais um clássico após a vitória sobre o Palmeiras na rodada passada. A diferença é que, diante do Peixe, na Vila emblemática, o Alvinegro da capital não costuma sair vitorioso. O São Paulo encara o Linense, às 17h30*, fora de casa, na tentativa de pôr fim às críticas em torno dos atletas e do técnico Dorival Júnior. O Palmeiras entra em campo na segunda-feira, 5, às 18h30*, no Allianz Parque, contra o São Caetano. Depois da derrota no clássico na rodada passada, o Verdão estreou bem na Libertadores e chega tranquilo para o treino de luxo.

Carioca
O Fluminense quer voltar a sorrir vencendo o Volta Redonda, em Xerém, às 15h*. Abel e companhia conquistaram uma ótima vitória no Fla-Flu, o que trouxe uma certa paz às Laranjeiras, mas o Avaí jogou um balde de água fria nas pretensões tricolores no meio de semana pela Copa do Brasil (2×1). Mais tarde, às 17h30*, em Cariacica/ES, é a vez do Vasco enfrentar o Boavista. A vitória na quinta-feira, melhorou o clima que ficou pesado depois da sequência de derrotas na pré-Libertadores e no Carioca.

Gaúcho
O Grêmio segue a escalada para fugir das últimas posições no Campeonato Gaúcho. Só que dessa vez o adversário é o Juventude, em Caxias do Sul, às 15h*. Renato Gaúcho deve utilizar os titulares, visto que o jogo pela Libertadores será em abril.

Clássico Mineiro
No Independência, às 9h*, as atenções estarão voltadas para o duelo Atlético Mineiro e Cruzeiro. O Galo vem de vitória pela Copa do Brasil e pretende afastar a desconfiança que paira sobre o técnico interino; derrotar o rival é sempre uma boa oportunidade para isso. O Cruzeiro, por sua vez, estava embalado na temporada, mas voltou da Argentina com uma derrota indigesta por 4×2 para o Racing, na Libertadores. Uma vitória no clássico pode restabelecer a confiança perdida.

Clássicos pela Europa
Algumas ligas do Velho Continente nos apresentam ótimos duelos neste domingo, 4. No Camp Nou, em Barcelona, às 10h15*, Messi e companhia encaram o Atlético de Madrid, pela 26ª rodada, vislumbrando afastar-se ainda mais do rival. Os Colchoneros pretendem calar a Catalunha e, de quebra, encostar na liderança da competição. Em Manchester, às 11h*, o City recebe o Chelsea, pela 29ª rodada, querendo manter a boa distância para os adversários na ponta da tabela. Os azuis de Londres, sonham vencer o poderoso time de Guardiola para voltar a figurar no G4. No San Siro, às 14h45*, temos o clássico de Milão entre Milan e Internazionale pela 27ª rodada. A Inter busca continuar entre os quatro primeiros e conquistar a vaga direta para a Liga dos Campeões de 2019. Enquanto o Milan quer entrar na zona de classificação da Liga Europa.

Ótimo domingo!

Assuntos desta notícia