O lema é recuperar – Jornal A Gazeta

O lema é recuperar

Atlético Acreano e Plácido de Castro entram em campo neste domingo, 29, com o objetivo de recuperar os pontos perdidos na rodada anterior na Série C e D do Campeonato Brasileiro, respectivamente. A recuperação do Galo Carijó só será possível com o triunfo sobre o Náutico/PE, no Florestão, às 17h*. A boa notícia para a equipe acreana é que a pernambucana não iniciou bem a competição e possui a pior defesa até aqui. Isso não significa que a vitória é certa. Portanto, bastante atenção. A tarefa do Tigre do Abunã é mais complicada pois, além de buscar a primeira vitória fora de casa diante do Independente/PA, a equipe encarou uma viagem de 24 horas até Tucuruí. A torcida é que o Tigre mostre suas garras mesmo com todas as dificuldades.

Brasileirão
A 3ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro continua neste domingo, 29, com sete jogos. No Independência, às 14h*, o Atlético Mineiro faz o clássico com o Corinthians buscando encostar nos líderes. Por falar em líder, o Timão quer surpreender o rival para manter os 100% e, de quebra, continuar na primeira colocação do torneio. Clássico regional também no Maracanã, entre Fluminense e São Paulo. O Tricolor carioca quer aproveitar a segunda partida dentro de casa para subir alguns degraus na classificação, enquanto o Tricolor paulista luta para acabar com a instabilidade do elenco, que perdura há algum tempo. Uma vitória fora de casa pode ajudar Aguirre nessa tarefa. Na Vila Capanema, em Curitiba, o Paraná tenta a primeira vitória na peleja diante do Sport, outro que ainda não venceu. O Bahia recebe o Atlético Paranaense, na Fonte Nova, apostando na torcida para alcançar os seis pontos. A grande questão é que o time paranaense tem impressionado neste início de Brasileirão, inclusive, conseguiu frear o poderoso Grêmio na rodada anterior, dentro da Arena do rival. No Castelão, o Ceará tem no duelo com o Flamengo a oportunidade de fugir da incômoda 16ª posição, conhecida como porta do inferno. O Flamengo precisa da vitória para arrefecer a pressão que vem sofrendo em relação a ineficiência dentro de campo. O embarque da equipe para Fortaleza foi marcado por xingamentos, arremesso de pipocas e até agressões. Entre os rivais os termos “cheirinho” e “arame liso” começa a ecoar. O Palmeiras busca impor no brasileiro o mesmo futebol apresentado na Libertadores. O Adversário desta tarde (Chapecoense), no Allianz Parque, pode contribuir para isso. A chape, por sua vez, tenta resgatar o rótulo de “visitante encardido” obtido nas últimas temporadas para sair do Z4. No Beira Rio, em Porto Alegre, às 17h*, o Inter almeja se recuperar da derrota na rodada passada com uma vitória sobre o Cruzeiro. O time Mineiro, que está entre os favoritos da competição, ainda não pontuou no campeonato e procura, desesperadamente, largar a penúltima colocação na tabela.
No fechamento da rodada, na segunda-feira, 30, o Vitória recebe o América, no Barradão, às 18h*, em um confronto direto para se manter na Série A em 2019. Márcio, não é muito cedo para cravar essa disputa? Não, leitor, a fuga do rebaixamento faz parte do dia dia das equipes e três pontos na conta sempre é importante. No Pacaembu, no mesmo horário, Santos e Vasco estão naquele grupo que busca a reabilitação no campeonato. Além dos três pontos, existe o reencontro de Jair Ventura e Zé Ricardo, responsáveis por bons duelos no futebol carioca (Jair Ventura no comando do botafogo e Zé à frente de Flamengo e Vasco) em 2017.

*Horário do Acre

Assuntos desta notícia