O único caminho possível – Jornal A Gazeta

O único caminho possível

Urgente e necessária a parceria anunciada entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Rio Branco para convênios que devem beneficiar obras de infraestrutura da Capital.


Conforme divulgado, a proposta é a assinatura de termos de cooperação entre as pastas do Estado e do município para executar serviços de manutenção de vias urbanas, ramais e parques urbanos. Além de alinhar projetos, como a implantação de redes de esgoto e a pavimentação asfáltica, entre outras ações importantes, que demandam o trabalho e, principalmente, recursos em conjunto.
Diferenças políticas e partidárias à parte (se é que há, na prática, tanta assim), não fazia nenhum sentido a lacuna no diálogo entre o dois Executivos.
O péssimo resultado do distanciamento pôde ser visto, por exemplo, na organização do carnaval da Capital, que seria liderado por uma secretaria estadual e acabou nem sendo realizado, com prejuízos e, principalmente, desgastes para todos os lados.
Em um Estado pobre e em um munícipio mais pobre ainda, como são os nossos, a união de esforços parece ser o único caminho possível, mais do que isso: vital, para enfrentar a crise. Além de sinalizar o bom senso, a maturidade e a boa vontade política de nossos governantes.

Assuntos desta notícia