Operação Impactus prende 17 e apreende sete adolescentes suspeitos de vários crimes – Jornal A Gazeta

Operação Impactus prende 17 e apreende sete adolescentes suspeitos de vários crimes

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 28, forças de segurança do Estado realizaram uma nova fase da Operação Impactus e deram cumprimento a 40 mandados judiciais em Cruzeiro do Sul. Até o momento, foram presas 23 pessoas ligadas a crimes contra a vida e grupos criminosos.

As operações estão sendo deflagradas seguindo planejamento estratégico da Secretaria de Segurança dentro do plano de ações de enfrentamento a organizações criminosas, principalmente em áreas fronteiriças.

Dos 40 mandados, 14 deles são de prisão e 26 de busca e apreensão. A ofensiva policial resultou na apreensão de três armas de fogo, munições, R$ 4 mil, drogas, além de celulares e eletroeletrônicos de procedência duvidosa.

Além do cumprimento de mandados da operação “Impactus” da Polícia Civil, a Polícia Militar fará ocupação dos bairros identificados como os de maior incidência de crimes, o que já vem sendo realizado no bairro Miritizal, região periférica de Cruzeiro do Sul, desde o início da semana.

De acordo com levantamento feito pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), as operações das Polícias Civil e Militar, já contabilizam o cumprimento de 255 mandados judiciais de busca e apreensão, recuperaram 65 veículos, apreenderam R$ 2,1 milhões em patrimônio e mais de 100 quilos de entorpecentes.

Outras operações – Em Rio Branco, foram realizadas as operações Repatriar, Impactus e Ocupação. Já em Brasileia e Epitaciolândia foi realizada a Operação Fronteira. Além de ações da operação Longo Alcance que chegou a Senador Guiomard, Capixaba e Porto Acre.

Já a Operação Fronteira Presente atingiu Brasileia, Plácido de Castro e Acrelândia. Todas contaram com um grande número de policiais, armamento e veículos, além do apoio do Poder Judiciário do Estado na expedição de mandados.

O secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, destaca que o Estado está fazendo sua parte mas que necessita de um protagonismo maior por parte do governo federal.

“Mais uma ação policial sempre com o cuidado nas fronteiras. Não é nossa a obrigação, a obrigação é do governo federal, mas nós estamos atentos e fazendo nossa parte. Em Brasileia, Epitaciolândia, Acrelândia, Plácido de Castro, e agora em Cruzeiro do Sul. Hoje nós amanhecemos o dia aqui em Cruzeiro do Sul dando cumprimento aos mandados judiciais sem dar espaço para a criminalidade”, destaca Farias.

O delegado de Polícia Civil, Elton Futigami, coordenou a operação. “Mais uma operação Impactus que retira de circulação pessoas que estavam em débito com a justiça e cometendo vários crimes como assaltos, homicídio e tráfico de droga na região do Juruá. Essas ações não vão parar, estamos intensificando nossas investigações e trabalhando de forma integrada no combate a criminalidade”, esclareceu Futigami.

FOTO/ ASSESSORIA SESP
Assuntos desta notícia