Polícia prende faccionados que teriam executado jovem por desconfiança – Jornal A Gazeta

Polícia prende faccionados que teriam executado jovem por desconfiança

A Polícia Civil, por meio da DHPP, teve êxito em identificar e prender duas pessoas por envolvimento na morte do jovem Gleison da Conceição Ferreira, conhecido como Dime, morto a tiros na noite do dia 25 de dezembro de 2018, no Polo Benfica, localizado no Segundo Distrito de Rio Branco.

Na cena do crime, populares informaram que Gleison estava em sua residência, quando dois homens entraram na casa portando uma arma de fogo, e executaram a vítima com vários disparos.

Após meses de investigação, a DHPP identificou uma mulher como a mandante do crime, e dois suspeitos pela execução dos fatos. O crime foi motivado pelo fato dos criminosos suspeitarem que a vítima estava passando informações para outra organização criminosa.

Após angariar elementos suficientes para o inquérito, a Autoridade Policial representou pelas prisões, sendo deferido pelo poder judiciário somente a de um executor e da mandante. Com os mandados em mãos, os agentes localizaram a mandante do crime no Bairro Recanto dos Buritis e o executor no Bairro Areal. Todos foram presos e encaminhados ao Presídio Francisco de Oliveira Conde, para aguardar o processo e julgamento pelos seus atos. Se condenados pelos crimes de homicídio qualificado e organização criminosa, as penas podem ultrapassar 30 anos de reclusão. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia