Política Local – 01/08/2019 – Jornal A Gazeta

Política Local – 01/08/2019

Bola fora

O governador Gladson Cameli (Progressistas) deu uma bola fora, como dizem, ao contratar o serviço de táxi aéreo no valor anual de R$ 5,2 milhões. Pode ser legal, mas que é imoral, dispendioso e fora de qualquer razoabilidade é. O gestor pode administrar os recursos como pensa ser melhor, mas é necessário “bom senso”.

Aliados

Por conta disso, Gladson “tem apanhado mais que cachorro de índio”. A oposição assiste há seis meses tudo em silêncio. A própria base aliada ou ‘independentes’ cuidou em repudiar o ato de Cameli. Petecão, Mara Rocha, Roberto Duarte reprovaram a atitude governamental.

Pra que?

Para que contratar um jatinho se a maioria dos aeroportos do Acre não comporta a aeronave? E outra, não se terá dois helicópteros, e um avião de pequeno porte doado pela PRF? Não tem justificativa, dizer que vai servir para trazer pessoas do interior, doentes. Para uso de UTI aéreo para fora do Acre tem a Força Aérea Brasileira (FAB) e tudo mais.

Popularidade

Gladson pode começar a cair sua popularidade com atos como este. A oposição assiste de camarote as trapalhadas da gestão. Saúde e Segurança Pública estão em situação difícil. Tudo isso deveria ser avaliado pela equipe do governo antes de colocar o governador em um mato sem cachorros.

Caiu

A presidente da Funtac, Odicleia Câmara pediu exoneração do cargo. Há denúncias feitas na Polícia Federal, Ministério Público Federal e Tribunal de Contas da União contra ela. O motivo: recebimento em duplicidade. Ela era servidora da Associação dos Municípios do Acre (Amac) e foi nomeada para à presidência da Fundação de Tecnologia do Acre.

Balançado

De acordo com informações de bastidores, a secretária de Saúde Mônica Machado vem sofrendo o chamado “fogo amigo”. Descontentes com sua gestão tentam cravar sua exoneração do cargo. Um dos coronéis que ela trouxe caiu. O governador Gladson Cameli assegura que ela fica.

Ele é forte

Forte mesmo é o deputado José Bestene. De uma tacada só trouxe quatro prefeitos para o Progressistas. Os prefeitos Tião Flores, de Epitaciolândia; Bené Damasceno, de Porto Acre; Romualdo Araújo, do Bujari; e Ederaldo Caetano, de Acrelândia, devem se filiar nos próximos dias. Com Gilson da Funerária, de Senador Guiomard; e Ilderlei Cordeiro, de Cruzeiro do Sul, o partido vai a seis prefeitos.

Tarauacá

O deputado federal Jesus Sérgio não tem medido esforços quando o assunto é a regional Tarauacá/Envira. Ele não é muito de falar, de poucas palavras, mas tem buscado incansavelmente tratar esse assunto da energia com muita responsabilidade. Ontem ele esteve com o presidente da Energisa, no Acre, para tratar da ampliação de redes em Tarauacá.

Importante

Importante a iniciativa do deputado Daniel Zen, de garantir em lei, que servidores públicos possam continuar os estudos de pós-graduação stricto sensu de mestrado, doutorado e pós-doutoramento, sem prejuízo da remuneração a que fizer jus. Um incentivo para quem vê na Educação uma saída para crescer na vida.

Zen

Mesmo sendo um profissional do Direito, Daniel Zen veste a camisa da Educação. Foi secretário de Educação e isso fez com que ele construísse uma relação de respeito com os educadores. A medida vai beneficiar em muito os professores.

Preocupa

Preocupa essa informação que o desmatamento no Acre pode superar os anos anteriores e com isso o Estado pode perder recursos vindos de organismos internacionais, com o banco alemão, KfW.

A propósito

A propósito, o governo do Estado já tem um plano de combate às queimadas? Hoje, inicia-se agosto. Tempo seco, a fumaça já começa a aparecer nos céus acreanos. Fazer o dever de casa nunca é tarde.

Recado duro

O primeiro-secretário do Senado, Sérgio Petecão, mandou um recado duro ao presidente Jair Bolsonaro. Disse que Bolsonaro precisa falar menos e trabalhar mais. Não mentiu o senador acreano. O presidente tem que descer do palanque, é hora de governar e governar para todos, sem olhar para o retrovisor. Uma coisa é certa: Bolsonaro é polêmico, isso não vai mudar.

Muita droga

O trabalho do delegado Pedro Resende tem sido digno de registro. Conseguiu apreender uma carga de 173 quilos de maconha. É muita maconha chegando no Acre. Outro dia, ele disse que enquanto a maconha chega, a cocaína sai, no vai e vem do tráfico.

Lamentável

Mesmo com o trabalho ostensivo das polícias na Baixada da Sobral, os criminosos seguem afrontando as autoridades em Segurança Pública. Após uma final de semana de mortes em que um adolescente de 15 anos foi executado, ontem outro adolescente de 17 anos foi alvejado no abdômen. Estava trabalhando com o pai.

 

 

 

 

Assuntos desta notícia