Política local 22/06/2014 – Jornal A Gazeta

Política local 22/06/2014

“O primeiro direito do homem é aquele de que pode comer de acordo com sua fome”.
 (Franklin Delano Rosevelt (1882-1945) presidente dos EUA)

Gol de placa do Sibá
O deputado federal Sibá Machado (PT) marcou um ponto importante no seu mandato ao trazer para o Acre uma reunião da SBPC, com representantes da nata das pesquisas científicas do país. Isso vale mais que cem discursos rastaqüeras na tribuna da Câmara Federal. Além de que um encontro deste porte servirá para dar uma maior visibilidade nacional ao Estado.

Calendário puxado
O governador Tião Viana vai fechar o mês de junho com um calendário puxado. Novo lote de casas na “Cidade do Povo”, UPA na Baixada da Sobral estão entre as obras a serem entregues.

Desfalque no Glorioso
O Piaba, militante antigo do PMDB, partido pelo qual foi candidato várias vezes com boa votação, nesta campanha, abandonou o Glo-rioso,apoiará o deputado Eber Machado (PSDC).

Acordo fechado
E para deputado federal, Piaba fechou acordo para apoiar a candidatura do jornalista Alan Rick (PRB) para a Câmara Federal, o que lhe garantirá alguns votos, principalmente, na área rural.

Defensor ferrenho
Nas últimas campanhas, Piaba foi defensor fiel do deputado federal Flaviano Melo (PMDB).

Luz vermelha
O governador Tião Viana teve na última sexta uma conversa proveitosa com o major Deodato, presidente regional do PSB, para entrar na FPA. Como militar, Deodato está dentro do prazo.

Militares de importância
Tião Viana também trouxe para a FPA para ser candidato, outro militar, muito ligado ao deputado Wherles Rocha (PSDB). É difícil derrotar alguém como Tião, que faz política.

A Bíblia e o profano
Chegaram à coluna detalhes interessantes das relações entre importante pastor evangélico e um empresário, o que mostra que, por interesses políticos, o religioso e o profano se fundem.

Erro de cálculo
Dirigente do PSDC avalia que o ex-vereador Zemar fica com uma das vagas pelo PSDC, na Aleac. Como? Ele não se elegeu, recentemente, a vereador de Brasiléia.

Coordenador de campanha
Regina Lino (PTB) terá no médico e ex-vereador Carlos Beirute um dos coordenadores da sua campanha a deputada federal, na Capital. Fora ele, Regina tem fechado apoios importantes.

Avaliação de cúpula
Importante membro da cúpula do PT avaliou para a coluna que, os deputados Ney Amorim (PT) e Jonas Lima (PT) se reelegerão entre os mais votados dentro do chapão do PT à Aleac.

Campanha é com trabalho
O prefeito Marcus Alexandre acerta ao planejar uma campanha para Rio Branco, em apoio à reeleição do governador Tião Viana, na conversa olho a olho com os moradores dos grotões.

Jogar tudo
O prefeito de Cruzeiro, Vagner Sales, é um dos mais hábeis políticos que conheço. Ele sabe ser difícil ganhar o governo. Por isso, jogará tudo na campanha do filho Fagner a deputado federal.

Não apostem contra
Fagner Sales não tem na política a sua praia, não puxou o pai, mas isso não é parâmetro de avaliação negativa como pensam alguns, o importante é que ele terá uma máquina a lhe apoiar.

Deixa acontecer
Não entro nem na discussão do assunto. Deixo a resposta para as urnas. Ninguém se admire se além do Vale do Acre o governador Tião Viana também vencer a eleição no Vale do Juruá.

Grande vencedor
A se confirmar a indicação de Mailza Gomes (mulher do prefeito James Gomes) à primeira suplência de Gladson Cameli (PP) ao Senado, o grande vencedor será o Sérgio Petecão (PSD).

Apoio importante
Petecão mostrou força ao emplacar a indicação de Mailza Gomes e vai ganhar com isso, o apoio do prefeito James Gomes à candidatura da esposa Marfisa Petecão (PSD) a federal.

Não acredito
Até agora só encontrei o ex-prefeito Normando Sales (DEM) que crê que a coligação DEM-PMN-PV poderá eleger um deputado federal. Com a chapa atual só por um milagre político.

Mas isso eu acredito
Mas de uma coisa não tenho dúvida alguma, a de que se a coligação do DEM não eleger ninguém a federal tira uma vaga da coligação do Márcio Bittar (PSDB) à Câmara Federal.

Para fazer número?
Há decisões políticas que não se entende. Por exemplo, Luiz Anute (Solidariedade) ser candidato a federal no chapão PSDB-PP-PMDB. Vai servir só de tamborete aos medalhões.

Reflete o momento
Pesquisa não decide a eleição. Mas serve para balizar um momento da campanha. Quem em sucessivas pesquisas fica abaixo dos adversários, dificilmente, pula para a dianteira na reta final. A pesquisa do sério instituto Vox Populis, preste a ser publicada, deverá retratar com realidade como estão posicionados os candidatos. Terá a tradicional choradeira, mas é normal.

Assuntos desta notícia