Política Local – 27/08/2019 – Jornal A Gazeta

Política Local – 27/08/2019

Avanço

O deputado Jesus Sérgio (PDT) teve seu projeto de lei, que amplia a área de livre comércio para os 22 municípios acreanos, aprovado pela Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara dos Deputados. Atualmente, apenas Epitaciolândia, Brasileia e Cruzeiro do Sul são beneficiados.

Em campo

O Governo Federal aceitou o pedido do governador Gladson Cameli (PP) para o envio de tropas das Forças Armadas no combate aos incêndios no Acre. A ajuda veio por meio do decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) concedido ao Acre e mais seis estados. Amapá e Maranhão, que também compõem a Amazônia Legal, não pediram auxílio federal.

Não importa

O governador Gladson Cameli atua como um embaixador de uma causa maior, a Amazônia, ao declarar que não importa de onde venha a ajuda para combater os incêndios na Amazônia. Pediu ajuda de Maurício Macri, da Argentina, e de outros presidentes da América Latina, Europa e até dos Estados Unidos.

Ajuda do céu

Mas, parece que antes que toda essa ajuda chegue ao Acre, os céus começam a mandar chuva. Ontem, a segunda-feira, 26, foi marcada por uma chuva leve que varou a madrugada, dissipando a nuvem de fumaça. Parece que o inverno amazônico chegará mais cedo.

Ramais

Caso se confirme, o trabalho de recuperação de ramais, que segue a passos lentos, pode ser prejudicado. O governo precisa apresentar já um balanço, junto com as prefeituras de quantos quilômetros já foram recuperados, e quanto de verba foi utilizado dos quase R$ 100 milhões da emenda de bancada, tão alardeada este ano.

Parabéns

A Coluna saúda todos os servidores da Rádio Difusora Acreana pelos seus 75 anos no ar. A Difusora Acreana, sem dúvidas, é o maior e mais acessível patrimônio dos acreanos. Onde as pessoas dos rios, florestas e campos têm voz. Os parabéns são extensivos, também, ao diretor-geral, jornalista Raimundo Fernandes, e à secretária de Comunicação, Silvânia Pinheiro, pelo trabalho de resgate de programas que atravessam gerações.

Medindo forças

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), e o presidente da França, Emmanuel Macron, resolveram medir forças. Dessa vez, nem as esposas ficaram de fora da troca de farpas. Bolsonaro age como se estivesse em campanha, e peca por isso. Sair do campo político e ir para o pessoal é perder apoio entre os brasileiros. Ninguém gosta disso. Menos internet, presidente.

Fogo

Para entender a linha de ascensão do fogo é preciso entender em que pé está o quantitativo de multas. Senti falta de dados do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) quanto a isso. Qual o comparativo, para o mesmo período, entre 2018 e 2019? Por elas, fica fácil de saber se houve fiscalização.

Esquecimento

O que não pode ocorrer é, quando as chuvas chegarem, esquecer do problema. A proteção ambiental deve ser permanente. Também é notório um aumento na retirada de madeiras. Estive na AC-90 esses dias e vi uma cena que só tinha presenciado quando adolescente: caminhões carregados de toras saindo pela rodovia. A floresta não só queima como também sangra com a motosserra e os tratores.

Delegacia

O Governo do Estado vai implantar em caráter extraordinário uma delegacia para atender crimes ambientais. O decreto de criação deve ser publicado hoje, 27, no Diário Oficial do Estado. A medida faz parte do Plano de Combate às Queimadas coordenado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública.

Independente

O deputado Roberto Duarte disse que não há a menor possibilidade do MDB se aliar ao PCdoB nas eleições de outubro de 2020, para a Prefeitura de Rio Branco. Ele explicou que essa situação acontece no interior por conta da política local de cada cidade, mas que isso não acontecerá em Rio Branco.

PCdoB

O PCdoB busca ampliar seus espaços para chegar bem em 2020. Mesmo tendo sofrido uma baixa este ano, com a saída de Jenilson Leite, o PCdoB tem três parlamentares alinhados. Eduardo Farias, em Rio Branco; Edvaldo Magalhães na Aleac e Perpétua na Câmara dos Deputados completam o time comunista. Ainda tem Moisés Diniz e Marcio Batista, nomes de peso também.

Assuntos desta notícia