Política Local – 30/07/2019 – Jornal A Gazeta

Política Local – 30/07/2019

Violência

A violência em Rio Branco segue fazendo suas vítimas. No final de semana, três pessoas foram brutalmente assassinadas, executadas. Cinco pessoas foram feridas por disparos de arma de fogo. Cenário de guerra vive Rio Branco. Não há trégua.

Mesma tecla

A Coluna insiste falar disso, porque é um assunto latente. Incomoda, choca até. Uma ação mais firme do Sistema de Segurança Pública é esperada, porém não se observa nada nesse sentido. Talvez fosse preciso um grande esforço envolvendo o Judiciário, as Polícias, governo, Assembleia, bancada federal.

Intervenção

Como noticiamos no domingo, 28, no que depender da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), ela vai pedir intervenção federal. Perpétua está isenta de críticas, pois não estava no mandato nos últimos quatro anos, quando se agravou a questão da violência no Acre.

Pega mal

Se caso ela realmente leve a cabo a ideia e apresente o pedido, mesmo sendo ela sozinha na oposição, pode pegar mal para a Segurança Pública do Acre, não resolve questões em um Estado com 800 mil habitantes em uma capital que não chega a 400 mil.

Mudar o time

Se o governador Gladson Cameli entender que deve mudar o time da Segurança Pública, deve fazê-lo. Não se pode continuar esperando aquilo que não vem. A população espera resultados rápidos. A violência em Rio Branco não pode ser entendida como “um dia atípico”.

Competência

O presidente do Instituto de Mudanças Climáticas, Carlito Cavalcanti, tem feito um bom trabalho para manter o ICM funcionando e ajudando o Acre. Tem buscado formar uma equipe técnica. Na Expoacre, o estande do IMC tem sido bastante visitado. Trabalho sério do professor Carlitinho.

Acabando a folga

Essa é a última semana do recesso parlamentar. Na terça, dia 5, as sessões voltam ao normal na Assembleia Legislativa, no Senado e na Câmara dos Deputados. É hora de voltar a discutir a reforma da Previdência.

Abrindo fogo

A deputada federal, Mara Rocha (PSDB) abriu fogo contra o secretariado do governo Gladson Cameli (Progressistas), principalmente os ligados ao meio rural. Mara tem forte base eleitoral no campo, por isso a luta insistente na defesa dos produtores. O que lhe é uma obrigação defender quem a ajudou.

Seinfra

Mara Rocha solicitou que o secretário Thiago Caetano responda por quais motivos o ramal de acesso à comunidade do Jarinal, na AC-90, encontra-se com as obras de recuperação paralisadas. Segundo ela, os produtores estão sem escoar a produção.

E mais…

O programa Luz Para Todos pode ficar comprometido a execução na localidade. Ela lembra que a falta de acesso dificulta o trabalho das equipes. Disse também que o Programa tem prazo final em dezembro deste ano, na região do Jarinal, o que justifica a pressa.

Alerta

A morte do cacique EmyraWajãpi, de 68 anos, assassinado por garimpeiros no Amapá, acende um sinal de alerta para os conflitos na Amazônia. As terras indígenas devem ser protegidas sob pena de comprometer a cultura desses povos, e mais, comprometer todo um ecossistema com a exploração ilegal de garimpo e destruição das florestas e rios.

Em Brasília

O governador Gladson Cameli (Progressistas) cumpriu agenda ontem, 29, em Brasília. Esteve reunido com o presidente do BNDES, Gustavo Montezano. A secretária Fazenda, Semírames Dias, acompanhou o governador na agenda.

Privatização

Matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo diz que Fábrica de Preservativos de Xapuri está na lista de empreendimentos a ser privatizados. Com isso, o Acre passa a integrar a lista de privatizadores, junto com mais 16 Estados.

Parentes

Numa tacada só o governador Gladson Cameli (Progressistas) homenageou dois cunhados dele na noite do último sábado. O presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior (Progressistas) e o presidente da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Paulo Roberto Correia Silva. Ambos receberam a Estrela do Acre, no grau Grã-Oficial.

Perdeu o sentido

Essa honraria é uma troca de mimos a aliados. Não se viu ninguém do povo. Um produtor rural, uma representante de associação que faz um trabalho social em uma comunidade, ou um padre ou policial.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assuntos desta notícia