Projeto de criação do Instituto de Saúde deve ser votado só em 2020 – Jornal A Gazeta

Projeto de criação do Instituto de Saúde deve ser votado só em 2020

O projeto de criação do Instituto de Gestão de Saúde do Acre (IGESAC) provavelmente não será mais votado neste ano. O governo retirou a matéria da pauta e diferentemente do que se imaginava o projeto não foi votado ontem, 11, quarta-feira. A criação do instituto deve voltar aos debates na Assembleia Legislativa do Acre apenas em fevereiro de 2020.

O governador Gladson Cameli lamentou o que ele chama de “politicagem” em torno do tema. Ele afirmou que um dos objetivos do IGESAC é regularizar os trabalhadores do Pró-Saúde e que, portanto, não poderá ser responsabilizado se for obrigado a demitir os trabalhadores conforme determinação judicial.

“Mandei tirar de pauta. Mas também não venham me responsabilizar, pois vou ter que cumprir o que a Justiça está mandando. Meu objetivo foi regularizar, como prometi, mas querem politizar as coisas”, afirmou o governador.

Nesta terça-feira, o secretário de Saúde, Alysson Bestene, afirmou que uma das intenções do governo com a criação do órgão é “regularizar a situação dos mais de mil servidores que estão em situação irregular”.

“Com regularização do Pró-Saúde, daremos passos firmes melhorando o atendimento à população. É importante lembrar que o Instituto de Gestão de Saúde do Acre poderá contratar apenas para a unidade que estiver gerenciando, e mesmo assim, para contratar, necessitará realizar processo seletivo com transparência e publicidade”, lembrou.

Assuntos desta notícia