Rio Branco terá ‘Castramóvel’ para controle da população de cães e gatos   – Jornal A Gazeta

Rio Branco terá ‘Castramóvel’ para controle da população de cães e gatos  

Uma emenda parlamentar do deputado Roberto Duarte (MDB) no valor de R$ 190 mil será destinada à compra do primeiro Castramóvel de Rio Branco.

Segundo a coordenadora do Departamento de Zoonoses de Rio Branco, Chayana Fernandes, a unidade será destinada à castração de animais domésticos de pessoas de baixa renda e animais em situação de rua, que em sua maioria são resgatados por ONGs.

Atualmente, apenas o departamento oferece o serviço de castração gratuito. Porém, devido a distância das áreas centrais de Rio Branco, muitas pessoas deixam de levar seus pets para castrar.

“Ao invés da população levar o animal ao departamento, nós vamos até a comunidade. Vai facilitar muito para gente e para a comunidade. Muita gente acaba abandonando os animais por não ter condições de pagar pelo serviço e nem de ir até o departamento”, disse.

Apesar de ainda não haver uma previsão para entrega do veículo, Fernandes acredita que o processo de aquisição até doação deve demorar, aproximadamente, um ano.

Roberto Duarte explica que com o Castramóvel será possível reduzir o número de animais abandonados em Rio Branco.

“Este problema vem sendo agravado com o crescente aumento populacional, tanto dos animais em situação de rua quanto daqueles que possuem um lar. Com mais esse serviço, será possível reduzir o número de animais abandonados”, aponta.

Abandono no Brasil

Conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), O Brasil tem mais de 30 milhões de animais abandonados, sendo que 10 milhões de gatos e 20 milhões de cachorros. Nos grandes centros, para cada cinco habitantes há um cachorro. Do total, 10% estão abandonados. Em cidades menores, o número chega a ¼ da população humana.

Assuntos desta notícia