Rocha diz que convocação de novos policiais depende da saúde financeira do Estado – Jornal A Gazeta

Rocha diz que convocação de novos policiais depende da saúde financeira do Estado

O vice-governador do Acre, Major Rocha, tranquilizou os aprovados nos últimos concursos da Polícia Militar e Civil. Disse que todos serão convocados, entretanto, a medida depende antes de um estudo que está sendo feito pela Casa Civil para avaliar a disponibilidade econômica do Estado. Rocha pontuou que pediu celeridade desse assunto, tendo em vista que essa é uma demanda urgente.

“Não tem previsão, mas ontem mesmo eu tive uma conversa com Ribamar para tratar do assunto e pedi prioridade nisso: a contratação de PMs, Civis e peritos criminais. Estamos vendo a questão orçamentária do Estado. Mas, fiquem tranquilos que aquilo que depender do Governo e o que foi pactuado será cumprido”, destaca Major Rocha.

O vice-governador, que atua como uma espécie de coordenador da Segurança Pública, tendo em vista o conhecimento adquirido ao longo dos anos na Polícia Militar, disse que atualmente as polícias têm uma sobrecarga de trabalho exaustiva, sendo necessária a contratação de mais dois mil profissionais somente para a Polícia Militar do Acre.

“Temos um déficit de mais de dois mil homens. Eles estão fazendo um levantamento ainda e não tem como estipular uma data específica para essas convocações. Mas, se dependesse de mim, já estariam contratados, porque a necessidade é grande. Os peritos já até fizeram o curso de formação. Então acredito que assim que sair esse estudo econômico, nós faremos as convocações”, finaliza.

JOSÉ PINHEIRO

 

Assuntos desta notícia