Roubo a veículos cresce no Acre em 2019, aponta dados do Ministério da Justiça  – Jornal A Gazeta

Roubo a veículos cresce no Acre em 2019, aponta dados do Ministério da Justiça 

Os crimes contra o patrimônio tiveram uma crescente nos três primeiros meses de 2019. Assim como o número de homicídios, o roubo de veículos também sofreu alteração se comparado ao mesmo período de 2018.

Informações também obtidas junto ao Sinesp, ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública apontam que no primeiro trimestre de 2018, foram 217 veículos roubados, ou seja, quando há o emprego da força para subtrair o bem, a maioria em assaltos. Já em 2019, esse quantitativo elevou-se para 278 ocorrências apenas nos três primeiros meses.

Com esses dados obtidos em 2019, o Acre ficou acima da média nacional que foi de 22,86/100 mil habitantes. A taxa no Estado fechou em 31,98/ 100 mil habitantes.

A maioria dos veículos roubados no Acre tem destino certo, a Bolívia. O alvo dos criminosos são caminhonetes e motocicletas, que servem de moeda de troca no lado boliviano para a compra de armas de fogo e drogas.

Recentemente o pecuarista Raimundo Nonato Pessoa, 55 anos, teve sua propriedade invadida. Na ação, o trabalhador perdeu a vida. Os criminosos levaram as duas caminhonetes da família para a Bolívia, além de dinheiro e uma espingarda.

Os dados que abastecem o Sinesp são enviados pelas secretarias de Segurança Pública dos Estados e servem para monitorar os índices de criminalidade no País.

 

Assuntos desta notícia