Secretária de Fazenda diz que redução de 12% na receita do Estado era prevista – Jornal A Gazeta

Secretária de Fazenda diz que redução de 12% na receita do Estado era prevista

A secretária de Estado de Fazenda, Semírames Dias, disse que a perda de 12% de receita nos primeiros dois meses de 2019 já era ‘prevista’. Os dados foram divulgados pelo Tesouro Nacional e fazem parte do Relatório de Execução Orçamentária (RREO). Se, por um lado, o Acre perdeu receita, por outro, as despesas tiveram queda de 7%.

“Pois o Demonstrativo da Receita Corrente Líquida apresenta a apuração da receita corrente líquida, sua evolução nos últimos doze meses, assim como a previsão de seu desempenho no exercício. Assim o registro efetuado durante o exercício passado (ex. Previdência) vai saindo cada mês”, disse a secretária fazendária.

A receita corrente líquida saiu de R$ 441,08 milhões para R$ 358,61 milhões. Entretanto, o estudo mostra que o Acre está entre os estados que mais poupa recursos, o quinto no ranking nacional. Em janeiro deste ano, o Acre arrecadou de ICMS mais de R$ 120 milhões.

Neste primeiro trimestre da gestão de Gladson Cameli (PP), o governo tem seguido a linha de manter o enxugamento da máquina pública para após isso voltar a investir em obras estruturantes. A estratégia, do ponto de vista social, mostra um governo retraído em suas ações, mas por outro lado revela uma gestão que tem preocupação fiscal de não extrapolar as metas previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

 

 

 

Assuntos desta notícia