Jornal A Gazeta

Supermercados devem parcelar vendas de ovos de Páscoa, diz associação

Há um mês da Páscoa, os ovos de chocolates já colorem alguns supermercados e lojas de departamento de Rio Branco. E apesar do sabor doce de chocolate, os preços dos ovos de Páscoa ficarão mais salgados este ano. Por isso, alguns supermercados devem oferecer parcelamento para as compras, segundo a Associação Acreana de Supermercados (Asas).
“Hoje você encontra ovo de R$ 80. E se você vai comprar um sapato de R$ 80, normalmente, a loja parcela. Então, como é um produto de alto valor agregado acaba flexibilizando o parcelamento para aumentar o volume de vendas”, diz o vice-presidente da Asas, Ramon Guedes.
De acordo com estimativas da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), os ovos de Páscoa devem registrar aumento de aproximadamente 3%. Porém, os supermercados preveem um crescimento até maior: entre 5% a 8%.
Os comerciantes apostam na exposição, ainda de forma tímida, descontos no pagamento à vista e variedade. Os preços dos ovos de chocolates variam entre R$ 30 à R$ 80 dependendo da marca, tamanho e da surpresa que vem junto.
E se sobraram ovos nas prateleiras em 2017, este ano as vendas de Páscoa devem superar o ano anterior. “A expectativa é de crescimento moderado porque na cidade, dependo do funcionalismo público, não há geração de emprego, não temos tantas indústrias”.
Nesta época, a indústria do chocolate gera empregos temporários. A Abicab estima que foram geradas cerca de 23 mil vagas – uma queda de 5,9% em relação às contratações do ano passado.
Mas, e o consumidor? Está animado com as compras de Páscoa? Para a vendedora Rosália Lopes, ainda é cedo para pensar em ovos de chocolate. “Nem pensei em Páscoa ainda, mas acho que vou fazer o mesmo do ano passado. Vou comprar caixa de chocolate que é mais em conta e dá pra presentear mais pessoas”.