Tio de Gladson Cameli morre vítima de câncer de pulmão em Manaus – Jornal A Gazeta

Tio de Gladson Cameli morre vítima de câncer de pulmão em Manaus

O empresário Francisco Messias Cameli, tio do governador Gladson Cameli, morreu na madrugada deste sábado, 18, em Manaus, vítima de um câncer no pulmão.

Chiquinho Cameli, como era conhecido popularmente, tinha 73 anos e já lutava contra a doença há alguns anos. Ele chegou a ficar internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Em sua página de Facebook, o governador publicou um texto sobre a morte do seu tio e lamentou o ocorrido. Na publicação, Cameli também postou uma foto em que aparece ao lado de Chiquinho no dia de sua formatura.

“Não tenho palavras para descrever para vocês quem era meu tio Chiquinho pela emoção que invade meu coração agora e me deixa até mesmo sem o que ele mais amava fazer com as pessoas: despertar o sorriso, as gargalhadas, as piadas. Sinto uma profunda dor, aquela saudade que sei que nunca vai passar, e a certeza de que nossa família perde mais um homem que sempre lutou para vencer na vida com trabalho e dignidade. Aos meus primos, minhas tias, meu pai Eládio (o terceiro dos filhos os quais o tio Chiquinho era o primogênito), à todos que tiveram o privilégio de conviver com meu amado tio, deixo minhas sinceras condolências e a certeza de que a alegria, a humildade e o amor, verdadeiramente, prevaleceram em sua caminhada nesta terra. Essa foto é da minha formatura em engenharia civil, e ele, como sempre, me fazendo sorrir e enxergar tudo de bom que a vida nos presenteia”, escreveu.

Gladson Cameli não participou do programa ‘Fale com o governador’ na manha deste sábado, 18, porque viajou para Manaus para participar do velório e sepultamento do tio, que ocorrerá neste domingo, 19, em Manaus.

O velório será realizado na sede do Juruá Estaleiros, na Estrada do Brito, km 01, Induba (AM). O enterro será no cemitério Recanto da Paz.

Foto/ Arquivo Pessoal

 

Assuntos desta notícia