Uma resposta - Jornal A Gazeta

Uma resposta

Mesmo diante da omissão do Governo Federal a essas alturas criminosa, por continuar não assumindo suas responsabilidades em vigiar as fronteiras, o governador Tião Viana entregou ontem mais sete novas viaturas e diversos equipamentos para as forças de segurança do Estado.

Diferenças políticas à parte, não há como ignorar e negar que o Governo do Estado vem fazendo a sua parte para combater com firmeza o crime organizado, alimentado pelo narcotráfico que continua entrando pelas fronteiras com os países maiores produtores e exportadores de drogas e armas.

Ao mesmo tempo, vem travando esse confronto com inclusão social. Como observou o governador estão sobrando vagas nas escolas, o Acre está entre os estados mais bem avaliados em Educação, o PIB cresceu além da média nacional e outros avanços.

Porém, como o governador reconhece, o poder do narcotráfico para cooptar jovens é avassalador e “está na origem do mal e do mau” no aumento da criminalidade registrada nos últimos anos.

O reforço às forças de segurança do Estado com a entrega de mais equipamentos não deixa de ser também uma resposta e advertência a alguns setores políticos que insistem em ignorar e cobrar que o Governo Federal faça a sua parte, tornando-se cúmplices dessa omissão e quem sabe, mais dias, menos dias vítimas.

Assuntos desta notícia