Conjunto de contrários

Postado em 23/11/2016 23:42:03 Bruna Lopes

Que tudo na vida tem dois lados, isso todo mundo sabe. Tem o lado bom e o lado ruim. Tem beleza, mas tem feiura. Tem escuro e claro, tem grande e pequeno. Tem amor e ódio. Já parou para pensar que até mesmo no céu, existe um chão? Na prática não existe meio termo em nada.

Já pensou pedir uma pizza M e chegar uma pequena o bastante para não ser P e nem grande para ser M? Ou comprar um remédio que vai curar metade dos seus sintomas? Ou é para matar a danada da doença ou nem toma, né?

Mas, para ser aceito ou parecer simpático a rigidez do sim ou não, fazem as pessoas criarem máscaras, personagens… Afinal de contas, quem nunca disse sim, querendo dizer não que atire a primeira pedra.

Quem nunca sorriu para esconder ou camuflar? Mesmo quando se vive existem mortes. É natural. É biológico. Se acostume. A vida é feita de contrários. Na verdade, um conjunto de contrários. Fazem parte do nosso cotidiano. Fazem parte da nossa formação.

Ninguém é igual. Ninguém sente igual. Não compare o meu sofrimento com o seu. Há de se considerar que todos nós possuímos nossos monstros e que eles nos assustam de maneira distinta.

É fato que aquilo que aflige e esmaga o meu peito não necessariamente será a mesma dor que o outro sente, de modo que cada um sofre de acordo com as suas idiossincrasias e dores únicas.

Como diz a letra da música: “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”. As lágrimas que muitas vezes são mais fiéis na tristeza, nos momentos de raiva e até de alegria. Elas podem se tornar uma aquarela de cores para pintar um arco-íris, uma árvore que dá pipoca ou nuvem voadora que seja meio de transporte.
E acreditar num final feliz é consolador. É o impulso necessário para acordar todos os dias para lutar pelo que quer.

O melhor de tudo é que para todo problema tem solução. E qual a solução para o seu? Tente, busque, lute se preciso for. Não delegue sua felicidade a ninguém. É difícil, mas só depende de você.

Bruna Lopes é jornalista
jornalistabrunalopes@gmail.com

editorial

Até que enfim

 

Até que enfim parece que os deputados, tanto da oposição como da situação, fizeram uma cobrança conjunta e incisiva sobre a necessidade urgente de o Dnit começar a recuperação da BR-364, no trecho para Cruzeiro do Sul. Como se noticiou ontem, os deputados alertaram que, se medidas urgentes, não forem tomadas ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook