Servente geral é encontrado morto pelos familiares em vila da Bolívia após desaparecer – Jornal A Gazeta

Servente geral é encontrado morto pelos familiares em vila da Bolívia após desaparecer

A família do servente geral Claudivan Pereira Ferreira, 24 anos, encontrou o corpo dele na Vila Evo Morales, na Bolívia. Segundo o Instituto Médico Legal (IML), o órgão foi acionado pelos parentes após a família ser informada que o rapaz estava morto no país vizinho.

O IML buscou o corpo em Plácido de Castro, interior do Acre, na quarta-feira, 11, e trouxe para Rio Branco, onde passou por exames e deve ser liberado para a família nesta quinta, 12. A Polícia Civil disse que soube do caso, mas que as investigações devem ser feita pela polícia boliviana.

Ainda segundo o IML, os parentes falaram que viram Ferreira pela última vez no último dia 6. O rapaz morava no município do Bujari, também no interior do estado acreano. No dia seguinte, os familiares receberam mensagens no WhatsApp informando que o rapaz estava morto e o corpo estava na Bolívia.

Os parentes viajaram para o país vizinho e iniciaram as buscas pelo servente. O corpo dele foi encontrado em decomposição esta semana. Segundo o IML, Ferreira foi morto com uma arma de fogo.

Assuntos desta notícia