Pular para o conteúdo

Gazetinhas 22/01/2010

* E aí, gente boa?

* De volta ao trabalho ou ainda em férias?

* É bom todo mundo começar a se coçar. Ano letivo vai começar e as compras escolares tomam um tempão e uma boa grana.

* Pesquisar preços, ainda é a melhor saída para não ter mais um furo no bolso.

* Por falar em ano letivo, a secretária de Educação, Maria Correia, colocou a “Boca no Microfone”, na 93,3 FM e disse que é obrigação do Estado e do município oferecer tantas vagas quanto necessárias para a população estudantil.

* Neste começo de ano também é preciso pagar o IPTU.

* Não adianta, cara pálida, só reclamar.

* Para reclamar é preciso fazer a sua parte.

* O Imposto Predial e Territorial Urbano é um “aluguel” que você paga, anualmente, para morar em qualquer cidade do mundo.

* Sem dinheiro, a Prefeitura de Rio Branco não pode fazer muita coisa.

* Telefone toca e é uma pessoa da Cadeia Velha. Diz que o posto de saúde do seu bairro não tem remédios para diabetes e nem para controlar pressão alta.

* Denuncia ainda que o pessoal do posto está informando que não existe previsão para a chegada desses medicamentos.

* Vixe!

* Paradigma é a palavra da vez.

* Secretária de Segurança, Márcia Regina, me garantiu que os novos quadros da PM vão revolucionar a segurança no Estado.

* O treinamento foi modificado e a polícia estará mais bem preparada para agir com cidadania.

* A mudança na PM vai continuar até que todos os policiais militares passem por um treinamento específico para se adequarem aos novos tempos.

* Mudanças de paradigmas costumam ser lentos mas, eficazes.

* Outro paradigma que deve ser mudado é a opção da grande maioria dos jovens que querem passar num concurso público.

* É preciso incentivar, desde o ensino fundamental, nossos jovens a produzir, com suas próprias mãos, o trabalho que lhes darão sustento e qualidade de vida.

* O Governo do Acre, a administração pública, não terá condições de absorver tanta mão-de-obra ociosa.

* Não podemos perder nossos jovens para o tráfico de drogas sob pena de gastarmos um dinheiro absurdo com penitenciárias.

* Povo de Xapuri precisa valorizar o nome de Chico Mendes.

* Chico Mendes vende. É internacional. Chama público. É uma marca que pode render muito dinheiro para a “Princesinha do Acre”.

* Não observar esse fator é ignorar um potencial econômico, ini-maginável, para a evolução do município.

* É melhor deixar a antipatia de lado, pois tudo no mundo é business.

* Nenhum médico acreano vai para o Haiti. Vão continuar trabalhando por aqui mesmo afinal, não temos médicos em quantidade suficiente para atender nossa população.

 * Eliane Sinhasique – substituta.