Pular para o conteúdo

Presidente da Fieac discute integração com estudante peruanos

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), João Francisco Salomão, se reuniu terça-feira com um grupo de dez estudantes de economia do Peru, além do Cônsul peruano no Acre, Jesus Carranza. A pauta constou de assuntos diversos, tais como, investimentos na formação de empresários, criação de ZPE´s (Zonas de Processamento de Exportação) e o aumento das oportunidades de negócios com a integração entre Brasil e Peru.

Considerada um dos projetos mais importantes, a construção da Estrada Interoceânica gera uma grande perspectiva de negócios entre os dois países. Quando estiver finalizada, terá mais de 2,5 mil quilômetros entre Iñapari, na fronteira com o Brasil, e três portos peruanos – San Juan, Matarani e Ilo. Além de adaptar ao Brasil uma saída ao Pacífico, o objetivo é que ajude a ampliar o comércio entre as regiões fronteiriças.

O resultado da integração entre Brasil e Peru, sonho buscado pelo Acre, será visto nos preços mais baixos de produtos simples como o tomate, na geração de empregos e no fortalecimento do turismo.

“Carne e madeira são os principais produtos nacionais que terão aumento em suas vendas externas a partir da finalização da rodovia. Haverá também maior facilidade para a exportação de mercadorias da Zona Franca de Manaus”, afirma Salomão. (Ascom Fieac)