Governo empossa delegado em Porto Acre

Tomou posse nesta quinta-feira, 11, na cidade de Porto Acre o delegado da Polícia Civil Frederico Tostes. O ato reuniu no Centro de Cultura e Florestania do município vários políticos, representantes de igrejas, do comércio e da sociedade organizada.

posse_delegado

Frederico é o primeiro delegado com residência fixa no município, e sua posse foi prestigiada pela secretária de Segurança Pública, Márcia Regina; deputado estadual Ney Amorim, líder do PT na Assembleia Legislativa; José Maria Rodrigues prefeito da cidade e pelo secretário da Polícia Civil Emylson Farias.

Durante a cerimônia, o delegado agradeceu a receptividade dos porto-acrenses e em um breve pronunciamento, destacou que a polícia não trabalha sozinha. Frederico ressaltou ainda a importância da parceria com a sociedade no combate à violência.

“Tenho certeza que o governador Binho Marques, com essa decisão, coloca um marco histórico na vida cotidiana de Porto Acre e promove a realização de um sonho de toda comunidade que, durante muito tempo pediu um delegado da Polícia Civil para o município”, comentou Ney Amorim.

O secretário Emylson Farias agradeceu a todos os policiais civis que conduziram a instituição em Porto Acre até este momento. “Foi verdadeiro sacerdócio de todos para manter a ordem pública na cidade. A presença de um delegado no município compreende um ciclo de investimentos humanos e materiais para reforçar a segurança”, destacou.

Emylson lembrou que além do delegado Frederico a Direção da Polícia Civil também deu posse ao escrivão Charles. Na ocasião, o chefe de polícia entregou computadores e um veículo com tração para melhorar o atendimento na delegacia de Porto Acre.

A secretária Márcia Regina, lembrou que para alcançar este objetivo foi preciso desencadear uma grande mudança no setor de segurança do Acre, com ênfase nas ações sociais. A secretária destacou também os concursos das polícias Civil e Militar.

Márcia lembrou a importância dos investimentos do Estado na área de inteligência e a interação com a comunidade. Tudo, segundo ela, para alcançar um padrão de excelência na prestação de serviço. “Este ato é fruto de um planejamento estratégico”, ressaltou. (Agência de Notícias do Acre)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation