Perpétua entrega caminhão a agricultores da BR-317

 Sem poder escoar a produção, os agricultores das comunidades Ampaesq,  Vicente de Melo e Plácido de Castro, localizadas no KM 80 da estrada de Assis Brasil, estavam em busca de alternativas de sobrevivência nos municípios de Brasiléia, Epitaciolândia e Assis Brasil.

agri

No ano passado a perda da produção de arroz, milho e feijão, além da venda de carne e leite bovino atingiu praticamente todas as 350 famílias do local. As más condições dos ramais, associada à falta de transporte para a produção foram os responsáveis pelo fracasso.

O velho caminhão adquirido anos atrás, graças a uma cota da qual participou cada família não tem mais condições de transportar a produção e dar conta das necessidades da comunidade que já estava desesperada.

O pedido feito à deputada federal Perpétua Almeida e ao vereador Raimundo Lacerda, ambos do PCdoB, foi atendido na última sexta-feira (19).  Os parlamentares  foram até a comunidade fazer a entrega de um caminhão adquirido com uma emenda parlamentar da deputada  Perpétua Almeida.

“Esta é a primeira vez que nossas Associações recebem o auxílio de uma emenda  parlamentar desse porte. O nosso caminhão já está muito velho e dá mais gastos que resultados. Agora nós temos um transporte de vergonha para atender as necessidades dos agricultores, estimulando a gente a voltar a plantar para poder ter uma renda, sustentar a família, para poder colocar os filhos para estudar e poder dar para eles um futuro melhor” disse o presidente da Ampaesq Ivanaldo da Costa Rufino, conhecido por Naldo.

“Nós confiávamos que a deputada Perpétua não nos abandonaria, mas, como para sair a emenda demora muito, muita gente estava desistindo, mesmo porque no ano passado teve gente que perdeu toda a produção. A chegada desse caminhão vai ajudar todo mundo por aqui. Eu fico muito feliz porque valeu a pena esperar”, salientou Francisco Vicente de Melo, o Macacheira, que aos 68 anos de idade, promete voltar a plantar.

Prátic,o o pastor Gerônimo de Lima que mora há 12 anos no local, resumiu o pensamento de todos- “Agora é tocar a vida, se organizar e escoar”, disse ele.

 E, Joarez Soares dos Santos comemorou- “Com esse caminhão, mesmo com o ramal ruim já dá para tirar a produção.

O caminhão foi entregue para uso das três comunidades e seu uso será gerenciado pelos presidentes de associações de forma a beneficiar todas as 350 famílias.

“Dizem que eu depois de ser a mulher das espingardas, virei a defensora dos trabalhadores rurais. A verdade é que enquanto o arroz, a melancia, o abacaxi, a macacheira não caírem do céu, a gente precisa investir no produtor rural que é quem põe a comida na mesa  dos que moram na zona urbana. Eu fiquei tão emocionada com a recepção e o carinho deles que até coloquei minhas impressões no twitter. Na verdade, acho que meu mandato realmente prioriza o trabalhador rural. Um pouco porque sei das dificuldades de morar na zona rural porque as vivi até os 14 anos de idade. Tudo o que puder vou continuar fazendo mesmo”, destacou a deputada Perpétua Almeida. (Assessoria)

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation