Gazetinhas 25/03/2010

* Toda preocupação com o meio ambiente é pouca se não vier acompanhada de atitude.

* Não querem que a população produza lixo, mas as indústrias produzem mais e mais produtos descartáveis.

* O investimento em indús-trias de reciclagem deve ser alto e constante porque a população quer e está podendo consumir mais.

* E ninguém quer deixar de ter acesso aos bens de consumo que facilitam a vida.

*  Você sabe o que é logística reversa, leitor???

* É a ação ecologicamente correta que as indústrias deveriam fazer para recolher o lixo eletrônico de volta aos seus galpões.

* Ou seja, o que não presta mais deve ser devolvido ao fabricante.

* Essa logística reversa ainda não existe por aqui. E agora José?

* O jeito é manter os entulhos eletrônicos dentro de casa mesmo.

* E a batalha contra o péssimo fornecimento de energia da Ele-troacre continua.

* A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Federal vai agendar uma audiência pública em Rio Branco.

* Já que a Aneel – Agência Na-cional de Energia Elétrica – não resolveu muita coisa, quem sabe, fazendo pressão junto aos membros da comissão de deputados, poderemos ser atendidos.

* Só não podemos é continuar aceitando calados os serviços que a Eletroacre presta à nossa população.

* Abaixo os apagões e os apaguinhos!

* E o preço do tomate, heim? Continua nas alturas.

* O fumacê contra o mosquito da dengue, que passa em cima de uma caminhonete, é tão fraquinho, tão mixuruca…

* É melhor o fumacê que os agentes de saúde carregam nas costas. Neles a fumaça é grande, em abundância, dá a sensação de que mata o mosquito mesmo.

* Grave a denúncia feita por um linguarudo contra uma dentista do Módulo de Saúde Chico Mendes II.

* Segundo ele, a dentista só atende quem fizer um raio X da boca numa clínica indicada por ela.

* Não pode!

* Linguaruda manda e-mail com a simulação da aquisição de uma casa…

* …o valor do imóvel hoje é de R$ 67.000,00. Entrada de R$ 1.340,00 + seis parcelas de R$ 199,00 e 300 parcelas de R$ 367,00 que devem ser corrigidas em 5% ao ano e mais TR de 5,1161% também ao ano.

* Resultado: se as 300 parcelas não sofressem reajuste a casa sairia por R$ 110.100,00

* Ainda não é dessa vez que os assalariados mínimos poderão ter sua casa própria.

* O programa Minha Casa, Minha Vida é para quem ganha bem. Quem é assalariado vai ter que continuar pagando aluguel em quarteirões.

* É um engodo!

* Eliane Sinhasique- substituta.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation