Barranco despenca e ameaça famílias no Cadeia Velha

Pelo menos dez metros de barranco despencaram na última quinta-feira, 18, causando pânico entre os moradores da Rua Alércio Dias, bairro Cadeia Velha. Numa das áreas afetadas o banheiro se apartou da casa e amanheceu dentro da imensa cratera que se formou à margem do Rio Acre.
Barranco
Assustado, o morador José Joel da Costa, procurou a Defesa Civil e solicitou a transferência para um local onde possa ficar em segurança com a mulher e os três filhos. “Ontem foi o banheiro, quem me garante que amanhã não sou eu, a mulher e as crianças. Quero sair daqui, tenho medo do que possa acontecer”, justifica.

A preocupação de Joel tem motivo de ser. Menos de um palmo separa um dos barrotes que dão sustentação a construção de madeira do imenso abismo que se forma bem nos fundos da sua casa. Não bastasse a ameaça das águas, é cada vez maior a quantidade de lixo no local.

Joel mora no endereço há três anos e confessa que é a primeira vez que teme a ação da natureza. “Há muito tempo o barranco não cedia tanto, dez metros numa única noite é demais, quem garante que na próxima a minha casa não vai parar dentro do rio”, declarou.

De acordo com levantamentos feitos pela Defesa Civil Municipal, pelo menos duas mil famílias vivem em áreas de risco na Capital. Em dias de intensa chuva, as áreas mais afetadas ficam em constante monitoramento, caso seja necessário uma remoção de urgência.

O major George, da coordenadoria de Defesa Civil de Rio Branco, visitou a casa de Joel na manhã de ontem e garantiu que iria encaminhar pedido à Secretaria de Assistência Social para analisado o pedido de transferência do local.

Segundo ele, várias casas em situação idêntica foram visitadas por ele no bairro Preventório. Garantiu ainda que as medidas cabíveis estão sendo adotadas para evitar maiores problemas.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation