BR Distribuidora: saiu edital. 2º e 3º graus. Até R$5.685

Saiu concurso para a Petrobras Distribuidora (BR), subsidiária da Petrobras, com oferta de 97 vagas imediatas mais cadastro de reserva em cargos dos níveis médio, médio/técnico e superior. As inscrições serão abertas a partir da próxima quarta-feira, 3, prosseguindo até dia 19 de março, nos postos de atendimento, e até dia 21, na internet. A remuneração mínima oferecida varia de R$1.985,07 (nível médio) a R$5.685,07 (superior).

Um dos cargos oferecidos é o técnico de administração e controle, com 22 vagas imediadas, e exigência de nível médio completo e proporciona remuneração mínima de R$1.985,04. Esse profissional atua com a preparação de dados, documentos, relatórios, textos e atividades de apoio administrativo.

Além dessa, há vagas em cargos dos níveis médio/técnico. As mulheres não poderão participar da seleção para técnico de abastecimento júnior, pois, segundo o edital, o exercício das funções supera o limite legal de esforço físico para mulheres previsto no artigo 390 da CLT.

Há também oportunidades nacionais (para carreiras de nível superior) para as quais candidatos de todo o país podem concorrer porque serão lotados em qualquer unidade da estatal.

As admissões são pelo regime celetista, e poderão acontecer durante o período da seleção que é de um ano, prorrogável por igual período. Como atrativos, os funcionários da BR recebem assistência médica extensiva para dependentes, participação nos lucros e resultados (PLR), auxílio-creche, auxílio-pré-escolar e tíquete-refeição.

Atendimento


Os interessados devem se inscrever pela internet, no site da Fundação Cesgranrio, ou em um dos postos. A taxa é de R$27 para cargos dos níveis médio e médio/técnico, e de R$40 para os de nível superior.

Os pedidos de isenção da taxa poderão ser solicitados nos dias 3 e 4 de março, para inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que tenham com renda familiar mensal de até três vezes o salário mínimo nacional (valor correspondente a R$1.530) ou renda familiar mensal de até meio salário mínimo nacional por pessoa (R$255).

As oportunidades são para o Distrito Federal e os estados do Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pará, Piauí, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio Grande do Norte, Rondônia e Roraima.

As avaliações estão marcadas para abril ou maio, de acordo com o cargo pretendido. Para profissional júnior – Direito, técnico de operação e técnico de abastecimento, as provas acontecerão em 11 de abril. Já para os demais os exames serão em 2 de maio. Para todos, o resultado final está previsto para ser homologado em 18 de junho, antes do período eleitoral. (Folha Dirigida)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation