Pelo menos 100 servidores terceirizados da Eletroacre serão demitidos

Com o vencimento de contratos junto às empresas que terceirizam seus serviços, a Eletroacre está abrindo novas licitações, mas com contratos que prevêem um corte de pelo menos 100 funcionários entre técnicos da área fim e da área de atendimento ao consumidor (0800).

Segundo o presidente do Sindicato dos Urbanitários, Marcelo Jucá, só em Cruzeiro do Sul 21 funcionário podem ser demitidos.

Serviço de 0800 da empresa será transferido para outro Estado
O presidente do Sindicato dos Urbanitários, Marcelo Jucá, informou que está em curso na Eletroacre um plano para desmontar o Call Center da empresa em Rio Branco e transferi-lo para outra capital onde haja empresa do Grupo Eletrobrás. “O plano é centralizar o serviço de atendimento ao consumidor em uma só capital. Se isso acontecer, o serviço vai se tornar tão impossível como o de atendimento das operadores de telefonia”, comenta Jucá.
Segundo o sindicalista, se o plano for concretizado, 50 trabalhadores vão perder o emprego no Call Center. Além deles, segundo Jucá, já se encontra em andamento as demissões de outros 70 trabalhadores das empresas que terceirizam os serviços da Eletroacre. A empresa, segundo ele, está aproveitando o vencimento dos contratos para a abertura de licitação recontratrando empresas com quadros de empregados mais enxutos. Só em Cruzeiro do Sul, segundo Jucá, 21 postos de trabalho serão extintos colocando em risco a qualidade de atendimento ao consumidor. (Assessoria)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation