Gapc recupera moto roubada, apreende armas e prende dois acusados de roubo

Investigado há mais de 90 dias por crime de roubo qualificado, Francisco Maico de Souza Queiroz, 22, foi preso nesta quarta-feira, 10, por investigadores da Delegacia Antiassalto da Polícia Civil (DAPC).
gap
Além de Maico, os policiais também prenderam Carlos Ferreira da Silva, 28 anos, que segundo a investigação, era cúmplice de Maico. Em poder dos assaltantes a polícia apreendeu duas pistolas; uma de brinquedo e outra 380, pertencente um policial militar do Maranhão.

Os dois são suspeitos de participação em pelo menos 12 assaltos, principalmente na região do conjunto Manoel Julião, bairro Estação Experimental. A ação que culminou nas prisões e apreensões foi coordenada pelo delegado Karlesso Nespoli.

Na mesma operação, a Polícia Civil apreendeu uma moto preta. O veículo tinha sido tomado em um assalto na tarde de terça-feira, dia 9. Durante a fuga, os assaltantes apontaram armas para dois investigadores da DAPC. A Fan já foi restituída à proprietária.

Os dois acusados foram surpreendidos pela polícia, em casa no bairro Cidade Nova, região do Segundo Distrito. A polícia continua investigando o caso. Ela quer saber se a arma do militar maranhense tem registro de roubo ou furto, na corporação militar daquele estado.

Conforme foi apurado na investigação, Carlos já havia efetuado disparos contra uma guarnição da PM e na tarde de terça-feira Maico ameaçou atirar contra os policiais civis, que sem efetuar um único disparo prenderam os assaltantes. Ambos foram apresentados na sede da Especializada. (Assessoria Polícia Civil)

del-armas1 gap1

Assuntos desta notícia

Join the Conversation