Testemunho do Espírito Santo

Quando o ateísmo foi eliminado de minhas entranhas como um tóxico,
atirado de minha alma, só poderia encaixar-me em uma religião, a Católica.
É a mais antiga, mais testada, sobrevivente e vencedora, e se no passado
teve alguns percalços, eu não estava lá, hoje, vejo a obra de caridade que
promove, a teologia que ensina e a fé que pratica. Quanto aos escândalos,
oeeles são inevitáveis, mas ai do homem que os causa  (Jesus Cristo, cf.
MT 18,7) e oeesses são falsos apóstolos que se disfarçam em apóstolos de
Cristo, o que não é de espantar, pois, se o próprio Satanás se transfigura
em anjo de luz, parece bem normal que seus ministros se disfarcem em
ministros de justiça (2 Cor 11,13-15).

Fica evidente que quase a totalidade dos evangélicos falem mal e se
considerem “melhores” que os católicos, já ouvi muito disso, aliás, uma
atitude muito “evangélica”, não? Porém, os católicos não podem dar esse
tipo de retribuição. Isso porque a Igreja Católica os reconhece conforme
vemos na Constituição Dogmática Lumen Gentium: 15. Por muita razões a
Igreja reconhece-se unida aos batizados que se denominamcristãos
mas não professam toda a fé, ou não aceitam o sucessor de Pedro.Isso
sim éuma atitude de respeito, cem por cento evangélica.

Aliás, atitude de quem tem o Espírito Santo, nada surpreendente já que o
próprio Cristo assim o afirma aos seus apóstolos, conforme vemos o
testemunho de João: Eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para
que fique eternamente convosco. É o Espírito da Verdade, que o mundo
não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o
conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós. Não vos
deixarei órfãos. E se alguém me ama, guardará a minha palavra. Aquele
que não me ama não guarda as minhas palavras. O Espírito Santo, que o
Pai enviará em meu nome, ensinar-vos-á todas as coisas e vos recordará
tudo o que vos tenho dito (Jo 14,16-18;23-26). Muitas coisas ainda tenho a
dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. Quando vier o Paráclito, o
Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si
mesmo, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará.(Jo 16,12-14).

E vemos em Paulo o cumprimento inicial da promessa, já que ele só ouviu
de Cristo algumas sentenças, o Espírito instruiu Paulo e os “doutores” que
surgiram ao longo dos séculos. Paulo ainda testemunhou como age o
Espírito Santo: em um só Espírito fomos batizados todos nós, para formar
um só corpo, judeus ou gregos, escravos ou livres; e todos fomos
impregnados do mesmo Espírito (1 cor 12,13). Sede solícitos em conservar
a unidade do Espírito no vínculo da paz.Sede um ó corpo e um só
espírito. Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo. Há um só Deus e Pai
de todos, que atua acima de todos, por todos e em todos (Ef 4,3-6). E
cuidado para que não seja uma criança ao sabor das ondas, agitados por
qualquer sopro de doutrina, ao capricho da maldade dos homens e de seus
artifícios enganadors (Ef 4,4).

*Mario Eugenio Saturno, de Bariloche – Argentina, é Tecnologista Sênior do
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), professor universitário e
congregado mariano.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation