Entrega de projeto fora do prazo inviabilizou aumento, diz SEE

Em nota publicada ontem, a Secretaria de Educação do Estado do Acre, se pronunciou acerca da paralisação dos professores licenciados do Acre. A entrega do projeto fora do prazo é um dos motivos apontados para a não concessão do reajuste exigido pela categoria.

De acordo com a nota, “a pauta enviada pelo Sindicato dos Professores Licenciados do Acre – Sinplac – foi protocolada na Secretaria de Estado de Educação dia 19 de março de 2010, portanto, destoando dos demais sindicatos que encaminharam suas pautas de reivindicação em dezembro de 2009 ou janeiro de 2010”.

Diz a seguir: “A pauta de reivindicação do Sinplac, além de ter sido entregue fora de prazo, exigia um reajuste linear de 15%. Nenhuma categoria do serviço público recebeu reajuste linear, devido às limitações financeiras do Estado e a Lei de Responsabilidade Fiscal, fato que era do conhecimento da diretoria do Sinplac”.

Alega ainda que, ao não levar em conta os prazos estabelecidos pela legislação, o Sinplac terminou por inviabilizar qualquer possibilidade de negociação, tendo em vista a exigüidade do tempo. De acordo com a SEE, as negociações entre governo e demais sindicatos foram todas concluídas.

Por fim, a Secretaria de Estado de Educação ressalta que sempre esteve aberta ao diálogo com as entidades sindicais representantes dos trabalhadores em Educação, fato que se reflete nos inúmeros acordos, pactos e Leis construídas e que representaram avanço na valorização dos profissionais da Educação.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation