Pular para o conteúdo

Projeto sobre troca de lixo reciclável por desconto na conta de luz recebe apoio

O Anteprojeto “Reciclar: Vantagem para Você e o Meio Ambiente”, defendido na Câmara de Rio Branco pela vereadora Aria-ne Cadaxo (PCdoB) recebe o apoio de parceiros importantes e pode virar uma realidade para milhares de famílias de baixa renda do município. Troca-lixo
A proposta visa a troca de lixo reciclável (latas, garrafas, papelão e outros) por bônus de desconto na conta de energia elétrica. O Anteprojeto foi pauta de várias reuniões nesta última semana entre a parlamentar, o técnico engenheiro elétrico da Companhia de Energia Elétrica do Ceará (Coelce), Adaílton Arruda, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a assessoria técnica da Eletroacre (Eletrobrás – Distribuição Acre) e seu gestor no Estado, Celso Mateus.   

A reunião contou ainda com a presença da equipe municipal, responsável por gerir o projeto, composta pela bióloga Márcia Denicol, a tecnologa Aline ramos, a engenheira civil Paula Lacerda, e Vângela Nascimento Dannya Coutinho, gerente de resíduos sólidos e representantes do Projeto Catar e Secretaria de Planejamento do Estado. Na oportunidade, todas as dúvidas foram esclarecidas e Celso Mateus colocou um engenheiro responsável para dar andamento na construção do projeto na Capital.

Foi definido que logística, os pontos de coleta, pesagem, separação e destinação ficará com a prefeitura municipal e que toda a parte de sistematização e informatização do processo ficará com a Empresa de Eletricidade do Acre. Nessa reunião, o secretário de Meio Ambiente Artur Leite, colocou outros pontos positivos. “Era o que estava faltando para melhorarmos efetivamente a coleta de resíduos sólidos no nosso município”, afirmou.

Ambiente propício – Segundo o secretário Artur Leite, o ambiente está criado para a implantação do projeto a partir da Utre, do sistema de gerenciamento de resíduos sólidos e dos caminhões de coleta seletiva, que vão recolher o material nos pontos de coleta. “Estou muito feliz com a idéia da vereadora e agradeço pelo empenho em fazer esse projeto dar certo. Quanto menos lixo nas ruas, igarapés córregos melhor. A natureza agradece”, acrescentou.

O engenheiro eletricista, gerente e assessor de Pesquisa Desenvolvimento e Eficiência Energética da Eletrobrás, Distribuição Acre (Eletroacre), Dennys Senna, ressaltou que o projeto é viável para a empresa e que irá apresentar a proposta à direção nacional no próximo dia 28 em Rondônia, onde os gestores da Eletrobrás de todos os estados estarão reunidos. 

“É possível trazer o projeto para o Acre por meio da verba destinada ao Programa de Eficiência Energética, criada para investimento em projetos dessa natureza”, explicou. O recurso, segundo ele, já existe e parte está sendo usada na aquisição das geladeiras que a empresa vai distribuir às famílias pobres como estratégia para a diminuição de gasto nessas residências.

Ariane Cadaxo fez questão de ressaltar que a instalação do projeto em Rio Branco vai possibilitar que as pessoas de baixa renda e entidades filantrópicas paguem suas contas de luz a partir da coleta de garrafas plásticas, latinhas e papéis, que atualmente vão parar nos rios e córregos da cidade. 

“A proposta agrega valores que vão desde a promoção da cidadania à redução do impacto poluente dos resíduos sólidos na natureza. Ele também vai estimular a mudança de comportamento das comunidades e a redução da inadimplência na Companhia de Eletricidade”. (Assessoria)