Pular para o conteúdo

Adolescente tenta matar a mãe com ajuda do namorado

Uma adolescente de 15 anos, moradora  do  bairro  Mauro Bittar, tentou na noite de quinta-feira, 15, matar a própria mãe com a ajuda do namorado.
A tentativa de homicídio aconteceu quando a jovem se uniu ao namorado Danilo Martins Ducas, 19 anos, e juntos tentaram estrangular a dona-de-casa Francisca Rosilda Tavares, 46 anos, que ainda lutou com a filha e o rapaz para evitar ser morta.

Tentativa
Segundo informações da vítima, no dia 21 de março a filha de 15 anos desapareceu de casa. Uma queixa-crime de rapto foi registrada no Núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente Vítima – Nucria.

Agentes da Polícia Civil lotados no núcleo, coordenado pela  delegada  Márdhia El-Shawwa, iniciaram investigação e localizaram a adolescente na cidade de Porto Velho-RO, na companhia do namorado Danilo Martins, e concluíram que a jovem não teria sido raptada e sim fugido para ficar com o namorado porque a mãe não aceitava o namoro do casal.

A jovem foi trazida para Rio Branco e entregue à família. Durante audiência, a garota afirmou para a delegada que faria qualquer coisa para ficar com o namorado.

A mãe da adolescente declarou que jamais aceitaria a relação da filha com Danilo, alegando que ele era uma má influência para a filha e proibiu qualquer aproximação entre o casal.

Revoltada com a atitude da mãe, a garota planejou fugir novamente com o namorado, mas antes arquitetou junto com ele matar a mãe.
Danilo foi à residência da namorada para executar o plano, a fim de se livrar da mãe da garota.

O rapaz invadiu a casa e atacou a mãe da namorada, que  ajudou Danilo tentando enforcar a mãe até ela desmaiar.

Acreditando que a mãe estava morta, a adolescente e o namorado fugiram, mas um irmão da garota chegou a tempo de salvá-la e com ajuda de vizinhos conseguiu deter Danilo Martins, que só escapou de um linchamento devido à chegada de uma equipe da Polícia Militar.

Preso, Danilo Martins foi encaminhado à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) e a adolescente apreendida pela polícia foi levada para o centro de recuperação sócio-educativa. 

A filha havia levado um terçado para matar a mãe caso não conseguisse estrangulá-la  – Apresentando hematomas no pescoço causados pela tentativa de estrangulamento, Francisca Rosilda, mãe da adolescente, contou que o casal havia planejado sua morte.

Rosilda disse que a filha teria guardado um terçado  dentro de casa, que seria usado para matá-la, caso a jovem não conseguisse estrangulá-la com as próprias mãos.

“Quando ele (o namorado) entrou em minha casa, os dois começaram a me espancar e apertar meu pescoço usando uma luva e as próprias mãos. Mesmo sufocada, implorei a Deus para me salvar, foi quando perdi os sentidos e eles pensaram que eu estava morta”, contou a vítima em prantos. 

Quando eu estava caída no chão, minha filha ainda mandou o namorado balançar meu corpo, “mexe com ela, balança, talvez ela ainda não esteja morta”, e o namorado dela disse: “essa daí tá sem jeito, vamos embora logo, antes que alguém chegue”.

Instantes depois, meu filho entrou em casa e quando me viu caída e com dificuldade de respirar gritou por socorro.

E quando fiquei consciente novamente contei o que havia acontecido e minha família junto com vizinhos saíram em perseguição e prendeu os dois, que foram entregues à polícia.