Deputados oposicionistas voltam a criticar empresários acreanos que foram à China

Parecia replay de uma sessão da Aleac que aconteceu há 15 dias. Alguns deputados de oposição parecem não se conformar com a viagem de autoridades e empresários acreanos à China. Os mais revoltados são o deputado N. Lima (DEM) e deputada Idalina Onofre (PPS). N. Lima chegou a dizer na tribuna: “os empresários precisam criar vergonha na cara”, afirmou.

Depois para a imprensa o democrata se justificou. “Quando falei que alguns empresários não tinham vergonha na cara foi por criticarem a oposição. Queremos o desenvolvimento do nosso Estado e não vamos nunca acreditar que no mês que vem estaremos exportando madeira, castanha e monóxido de carbono à China. Tem um monte de empresários que foram na televisão dizer isso. Eu discuto com eles porque o que nós temos de exemplo de desenvolvimento sustentável é um Governo que não plantou um aguano, uma castanheira porque tudo é da nossa floresta nativa que uma hora vai acabar”, declarou.

N. Lima fez ainda críticas veementes ao sistema social e trabalhista chinês. “Comparar o nosso desenvolvimento com um país que não tem espaço para o funcionário que não tem férias, nem décimo terceiro e nem fundo de garantia e um salário mínino de R$ 88 é brincadeira. Então, o que nós vamos aprender? Sacrificar o nosso povo para ganhar menos e o empresariado ter um lucro maior? Temos que trabalhar para diminuir a carga tributária dos empresários para que não prejudiquem os nossos trabalhadores”, desabafou.

Idalina Onofre se solidarizou com as críticas do companheiro de oposição. “O deputado N. Lima criticou a falta de direitos trabalhistas e sociais que são negados na China. Essa viagem foi feita na contramão de uma outra viagem em que vieram ao Brasil 800 empresários chineses. Fica tudo meio desencontrado para dizerem que foram atrás de progresso. Acho que ficaria mais bonito se dissessem:  ‘nós fomos passear na China e conhecer Dubai’”, protestou.

“A oposição foi deselegante com nossos empresários”, diz Thaumaturgo
Por várias vezes o deputado Thaumaturgo Lima (PT) ocupou a tribuna para defender os empresários acreanos. “A oposição está equivocada desde o início a respeito da viagem dos empresários e autoridades acrea-nas à China. Primeiro eles foram deselegantes até na forma de fazerem as críticas dizendo que os empresários acreanos teriam que tomar vergonha na cara. Isso é um desrespeito porque a comitiva foi à China com o propósito de conhecer novas tecnologias e novas formas de negócios. Nada mais justo que estarmos conhecendo como funciona a economia de outros países”, destacou.

Para o parlamentar petista os avanços na infra-estrutura do Estado justificam a ampliação das fronteiras comerciais dos empresários. “Tenho certeza que essa viagem à China foi muito produtiva para os rumos que o Acre está tomando. Nós temos hoje um processo de integração do Vale do Juruá com a região de Pucallpa, no Peru. Rio Branco está se integrando com o interior do Estado na direção de Cruzeiro do Sul através da BR-364. Além disso, temos a Estrada do Pacífico que do nosso lado já está concluída e do lado do Peru, ainda em 2010, ficará pronta. Quando a estrada estiver toda pavimentada o Acre e o Brasil estará integrado com a Ásia e países como a China e o Japão.

Os nossos empresários estão enxergando longe e são pessoas de bem que sempre investiram no Acre e vão investir ainda mais. Tenho certeza que essas críticas jamais irão mudar o rumo dos seus investimentos”, finalizou.  

Assuntos desta notícia

Join the Conversation