Justiça Eleitoral promove audiências públicas para criação de novas seções no Vale do Juruá

jurua_politica

A 4ª Zona Eleitoral, que abrange os municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, vai realizar audiências públicas nos cinco municípios para colher sugestões acerca da criação de novos locais de votação a serem utilizadas nas eleições gerais deste ano.

O anúncio foi dado em entrevista coletiva concedida na tarde desta segunda-feira, 12, pela Juíza Eleitoral da 4ª Zona, Rogéria Epaminondas da Silva, na qual convidou toda a população a participar, especialmente aqueles que têm interesse na criação de seções, tanto na zona rural quanto na zona urbana. “É importante que todos os segmentos da sociedade participem”, disse.

A juíza informou que em seguida ao recebimento das sugestões, elas serão analisadas. Os locais devem comportar a instalação de uma seção eleitoral, ter energia elétrica, capacidade para recepcionar uma urna eletrônica, abrigar uma equipe de mesários trabalhando e um número mínimo de 50 eleitores para criação e instalação dessa urna. Para a Juíza, a Justiça Eleitoral do Acre pretende com isso aproximar o local de votação da residência do eleitor, para que se desloque o mínimo possível, com mais conforto na hora de votar.

Trabalho intenso

A Juíza explicou que o trabalho é constante no sentido de ir até o eleitor para facilitar o alistamento e a transferência de títulos. A equipe do Cartório Eleitoral vem trabalhando desde o início do ano, incluindo sábados, domingos e feriados entre os quais o Carnaval e a Semana Santa em várias localidades da zona rural. Na zona urbana, em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves o trabalho vem sendo feito nas escolas e em algumas outras instituições, tudo para que o eleitor não deixe para a última hora fazer seu alistamento ou sua transferência.

Chamamento aos jovens

A Juíza fez um apelo especial aos jovens que completam 16 anos até 03 de outubro (dia das Eleições) para que façam seu alistamento eleitoral e participem ajudando a decidir quem vai ocupar os mais altos cargos no País e no Estado.

Como última informação, ela disse que já foi feito um cadastro sobre os presos provisórios – ainda não condenados por sentença definitiva – os quais terão o direito de exercer o direito ao voto, na própria unidade penitenciária. Os adolescentes que estiverem recolhidos para medidas sócio-educativas também poderão votar, desde que completem 16 anos até 03 de outubro.

Calendário de Audiências Públicas

Dia 15, a partir das 09 h no posto de atendimento ao eleitor de Rodrigues Alves;

Dia 15, às 15 h, no posto de atendimento ao eleitor de Mâncio Lima;

Dia 16, sexta-feira, a partir das 15 h no Cartório Eleitoral em Cruzeiro do Sul;

Dia 20, às 09 h no Centro Integrado de Cidadania que é a sede da Justiça Eleitoral em Marechal Thaumaturgo;

Dia 23, às 09 h em Porto Walter.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation