Na batalha do Twitter, Serra está na frente

Dos principais candidatos à Presidência, Dilma é a que mostra menos familiaridade com as novas ferramentas da internet

Uma frase é repetida como um mantra em todos os comandos de campanha dos principais candidatos à Presidêcia: “A internet será ferramenta fundamental nas eleições de outubro”. Nesse sentido, todos traçam suas estratégias. A campanha de Dilma Rousseff, do PT, por exemplo, contratou a empresa americana Blue State Digital para cuidar da campanha on-line da candidata do presidente Lula. A Blue State foi a responsável pelo revolucionário uso da rede mundial de computadores na campanha do presidente dos Estados Unidos, Barak Obama.

A experiência da Blue State será, sem dúvida, um ingrediente importante na campanha da ex-ministra da Casa Civil. Uma equipe já está sendo montada para postar comentários em favor de Dilma ou de defesa de ataques nos principais sites e blogs que lidam com informação política. Filmes no You Tube e virais em favor de Dilma, já estão sendo produzidos. Como a marchinha veiculada no carnaval, que tinha como refrão: “Depois do cara, a gente vota é na coroa”.

Mas é bastante possível que Ben Self, o dono da Blue State, tenha um trabalho dobrado em se tratando de Dilma. Até o momento, dos principais candidatos à Presidência, ela é a que mostra menos familiaridade com as novas ferramentas da internet. O exemplo mais eloquente disso é que ela é a única que ainda não tem um perfil próprio no Twitter.

Nesse ponto, a vantagem de José Serra sobre ela é considerável. O ex-governador de São Paulo foi um dos primeiros políticos a aderirem ao microblog. Sua página (twitter.com/JoseSerra) já tem 183.932 seguidores (o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, dono de um dos Twitters mais seguidos do país, tem 465.418 seguidores). No dia 31 de março à tarde, quando o Congresso em Foco verificou seu Twitter, as últimas mensagens eram do dia 30, comentários sobre as inaugurações que fez antes de sua despedida do governo de São Paulo: o Rodoanel e parques na região da Serra da Cantareira.

Enquanto isso, há três microblogs de Dilma no Twitter, nenhum deles oficial. Dilmarousseff13 (twitter.com/dilmarousseff13) tem apenas 486 seguidores. O último post, de 14 de maio do ano passado, dizia que Dilma acabara de sair de uma sessão de quimioterapia, em razão do câncer, do qual ela já se curou.  Presidentedilma (twitter.com/presidentedilma) tem 1.839 seguidores. É mais pesado. No dia 27 de março, dizia que Serra entregaria o Rodoanel inacabado, e que ali não pegava celular. Atacava também o governador de Minas, Aécio Neves, com um link para um documentário de uma produtora americana, Current TV.

O documentário fala sobre censura à imprensa no Brasil e menciona relações de Aécio com a TV Globo e o jornal O Estado de Minas para promovê-lo. Finalmente, há o BlogDilma2010 (twitter.com/blogdilma2010).

Com 5.806 seguidores, é mais formal. Os últimos posts apontavam dados positivos da economia brasileira, como o que dizia que até 2014 o Brasil estará entre os 20 principais países do mundo em infraestrutura portuária.
Ciro Gomes (twitter.com/ciroFgomes) tem 9.481 seguidores. Seu último post, no dia 17 de março,  uma quarta-feira, informava sobre sua participação no programa do músico Lobão na MTV. Um post anterior levava seus leitores a um engano. Ciro dizia, às 14h49, estava saindo para o programa, e convidava os leitores a ligarem na MTV para assisti-lo. Em seguida, Ciro corrigia: “O programa do Lobão irá ao ar somente na 2ª feira. Gravo agora. Desculpem o engano”.

Finalmente, a senadora Marina Silva é dona de dois microblogs. No twitter oficial (twitter.com/silva_marina), com 14.282 seguidores, Marina dizia, no dia 1 de abril, que acabara de fazer uma viagem de trem de Mauá até Santo André (em São Paulo) para conhecer de perto a realidade da região. Além desse, há o microblog marinasilvanews (twitter.com/marinasilvanews), com 2.412 seguidores. No dia 29 de março, às 15:21, ela retuitava o senador Cristovam Buarque que, apesar de ser do PDT, partido que deverá apoiar oficialmente a candidatura de Dilma, não esconde sua simpatia por Marina. A senadora retuitava frase de Cristovam em seu microblog: “Sem cuidar do meio ambiente, não há futuro. Mas é a educação que vai cuidar do meio ambiente”. (Congresso em Foco)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation