Nas nossas TVs o inimigo mora ao lado

As produções do SBT receberam um comunicado, distribuído por Marcelo de Nóbrega, diretor da “Praça”, dizendo o seguinte:  

“Gostaria de informá-los que infelizmente não será mais possível o empréstimo de come-diantes do programa ‘A Praça é Nossa’ porque está havendo uma superexposição dos mesmos, acarretando um desgaste natural das personagens. Isso vale somente para os âncoras dos quadros e não inclui atores e atrizes que participam do programa”. Ele finaliza, pedindo a compreensão de todos.

Resta saber se tal veto também inclui o programa do dono.

Nada mais absurdo. Velho vício da televisão brasileira. A concorrência interna, em algumas das nossas importantes emissoras, alcança níveis absurdos. Quase insuportáveis. O que acontece agora com a “Praça” e com o SBT é só mais um triste exemplo dessa distorção. 
Todo mundo, isoladamente, vê e cuida do seu. O resto que se lixe.

Mais uma
A apresentadora russa Lola Melnick pode ser a próxima dor-de-cabeça da Band. Empolgada com o convite da emissora brasileira, ela largou a televisão chilena, mas nunca entrou em velocidade de cruzeiro no Morumbi.
Está agora no time dos sem-programa e, dizem, poderá ser chamada para fazer um acerto e rescindir o contrato.
 
Para tudo
Está fora da grade do SBT o programa “Uma hora de sucesso”. Era exibido aos sábados, com direção do Magrão, Roberto Manzoni, sob o comando de um cantor, dupla ou banda de sucesso.
A alta direção da emissora, entenda-se Silvio Santos, mandou parar.
 
Em estudos
Ana Paula Padrão poderá ancorar o “Jornal da Record” direto da África durante o pe-ríodo da Copa do Mundo. Essa possibilidade vem sendo discutida na emissora.
Apesar de não ter os direitos de transmissão, a Record promete dar uma boa atenção ao evento, em sua cobertura jornalística.

Procedente
Há uma queixa frequente por parte dos telespectadores da Globo Internacional, que nunca anuncia o horário de nada. Como existem diferentes fusos e a chamada é universal, propositadamente, essa informação não é colocada. Cabe ao telespectador adivinhar.
Ao contrário da Record Internacional, que também produz uma única chamada, mas de acordo com cada país sempre completada pelos caracteres.

Novos projetos
Benedito Ruy Barbosa e sua filha, Edmara Barbosa desenvolvem novo projeto de minissérie para a Globo que envolve a trajetória do poeta Castro Alves e as suas grandes paixões. Tudo ainda no começo.
Outra idéia, com título provisório de “O Cerco”, é uma narrativa do cangaço nordestino.
Os dois trabalhos estão em processo de discussão com a alta cúpula da emissora.
 
Forte apoio
O ator português Ricardo Pereira está morando no Brasil, mas ainda não acertou novo trabalho na Globo ou em qualquer outra emissora.
Mas percebe-se que existe muita gente interessada em colaborar.
 
Pauta diferente
O “Superpop”, da Luciana Gimenez, promete um especial, segunda-feira, na Rede TV!.
A “Playboy”, com as suas mais diversas capas e curiosidades que envolvem algumas delas, será o tema do programa.
Entre os convidados, os maiores colecionadores da revista.
 
Primeiro movimento
A direção da Record deve realizar mudanças na sua programação dos domingos. Nada muito profundo. Apenas ajustes de horário.
Assunto que ainda é objeto de estudos, mas para depois da Copa, início do horário político.

Carlos-Casagrande-e-Camila-
Pelo menos para Carlos Casagrande e Camila Morgado, não há dúvidas em relação ao desfecho de seus personagens, já envolvidos em “Viver a Vida”. Nos bastidores da novela, fala-se até em casamento. Mas quem decide é o autor Manoel Carlos.

Otimismo
Ninguém ganha do Marcelo Rezende na Bandeirantes. Ele é o mais empolgado com o “Tribunal na TV”, o seu novo programa, que vai estrear em maio, nas noites de sexta-feira.
Garante que todos irão se surpreender pela alta qualidade de produção.

 BATE E REBATE

* Agora em “Escrito nas Estrelas”, na Globo, Humberto Martins não pôde aceitar o chamado de Marcos Paulo para o elenco do filme “Assalto ao Banco Central”.

* Caio Blat é outro que não aceitou convite do mesmo filme em função de compromissos assumidos com o teatro.

* Mateus Solano deu rápido tempo em “Viver a Vida” por causa de um comercial na Bahia.

* “Passione”, substituta de “Viver a Vida”, terá uma campanha de lançamento muito forte e nas mais diferentes mídias.

* Rede TV! vai transmitir as corridas do Itaipava GT Brasil. Começa dia 25 em Curitiba. Ontem teve a festa de lançamento.

* Pedro Bial, em férias na Globo, ainda não tem novo trabalho em vista na Globo. Só o próximo “Big Brother”.

* Bastante satisfeito com o quadro atual, o diretor de jornalismo da Record, Douglas Tavolaro, informa que não estão previstas novas contratações.

* Na última vez que ele falou desse jeito, acertaram com a Ana Paula Padrão.

* Completamente sem graça o “Super Sincero”, com Luiz Fernando Guimarães, no “Fantástico”. Em matéria de humor o programa nunca esteve tão mal servido.

* A equipe de “Lado a Lado”, próxima novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares na Globo, começou nesta semana a fazer testes com atores desconhecidos. Trabalho coordenado pelo produtor de elenco André Reis.

* “Lado a Lado”, substituta de “Passione”, terá vários  lançamentos. Já, o time principal, está praticamente fechado.

C´est fini

A jornalista Maria Paula é a nova apresentadora do tempo no “Leitura Dinâmica” da Rede TV!.
Durante toda essa semana, ela também comandou o “Rede TV! Esporte” na hora do almoço. Tem escola. É um nome que merece a melhor das apostas.
Neste sábado, entre as atrações do “Vitrine” na Cultura, Sabrina Parlatore entrevista Sabrina Sato. Presenças ainda de Fabiana Karla e Ronnie Von.
Márcia Goldschmidt alterou os seus planos e só neste final de semana vai viajar para os Estados Unidos. Volta no dia 5, mas deixou todos os programas da Band gravados. 
Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Assuntos desta notícia

Join the Conversation