Plácido de Castro perde pontos e Juventus entra nas semifinais

O Plácido de Castro FC tinha sua classificação nas semifinais do Campeonato Estadual Acreano complicada, pois além de vencer ainda precisa torcer pelo tropeço de uma das equipes a sua frente, o que aconteceu com o Juventus. Vencido em campo, o Plácido acabou escalando um jogador irregular – Jefferson Marque do Nascimento – e acabou perdendo a vaga justamente para o AC Juventus.

A notícia foi dada em assembléia geral pelo presidente da Federação de Futebol do Acre, o advogado Antônio Aquino. O motivo é que o jogador teria três cartões amarelos e não tinha condições de jogo. “Segundo o regulamento, o controle dos cartões é do clube, mas mesmo assim a Federação mantém um controle e avisa aos clubes sobre a condição do jogador. O que ocorreu na beira do campo, em Senador Guiomard”, disse o dirigente.

Antônio Aquino mostrou o memorando de Advertência que foi entregue ao presidente do Plácido, Josué Marques, mas acreditando que seu atleta tinha quatro e não três cartões amarelos, utilizou para enfrentar o Andirá, na goleada por 4 a 0. A interpretação equivocada se deu no jogo contra o Rio Branco FC, dia 25 de março, quando o jogador recebeu dois cartões amarelos, recebendo o vermelho por isso. “Neste caso os dois amarelos se anulam”, explicou.
Os três cartões a que se referem a Jefferson foram tomadas nos dias 14 de março (contra o Atlético Acreano), 11 de abril (contra a Adesg) e dia 2 de maio (contra o Náuas).

Tanto Josué, quanto o prefeito Paulinho Almeida, de Plácido, pegaram as súmulas originais onde constataram que realmente o atleta não tinha condições de jogo. “Todos nós fomos pegos de surpresa, mas isso fica de aprendizagem para a nossa e para as demais equipes”, lamentou Paulinho. “Foram erros infantis, mas tenha certeza que em 2011 estaremos de volta e entre os quatro primeiros novamente”, afirmou.
Mas a situação do Plácido aumenta negativamente mais ainda. Além de perder a classificação para as semifinais, a premiação no valor de R$ 30 mil (para os semifinalistas), a equipe da fronteira perde seis pontos pela escalação irregular de um jogador, perdendo duas posições, para o Juventus e também para o Alto Acre.

Essa perda de pontos ocorreu no Acreano em 2007, quando o Independência, na época comandado pelo técnico Ribamar, escalou um jogador e também perdeu chance de chegar nas semifinais. “Isso é lamentável para nós, da Federação, pois o Campeonato vinha sendo um dos melhores já realizados”, lamentou Aquino.

 Definidas as semifinais do Estadual Acreano
Na assembléia geral da FFAC foram definidos os horários, locais e datas das semifinais do Campeonato Estadual Acreano/2010. A grande novidade é que o segundo jogo entre Náuas e Plácido de Castro, no dia 23 de maio, será no estádio do Japiim, em Mâncio Lima.

O presidente do Atlético Acreano, Edson Izidório, discordou, alegando que o regulamento do Campeonato estava sendo alterado e que “o artigo 35 ressalta para o fato que qualquer mudança no regulamento deve ser aceita apenas com a unanimidade”. Dizendo isso, o dirigente rasgou o regulamento em pleno plenário.

Os jogos ficaram assim: Dia 16, no estádio Arena da Floresta, jogam Atlético x Náuas, às 18h, e Juventus x Rio Branco, às 20h. No dia 23, Náuas x Atlético, às 17h, no estádio Japiim, em Mâncio Lima, e Rio Branco x Juventus, às 18h, no estádio Arena da Floresta.

As finais estão marcadas para dois domingos. Os vencedores das duas semifinais jogam dia 30 de maio, às 18h, e no dia 6 de junho, também às 18h, sendo que ambos serão no estádio Arena da Floresta.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation