Cerimônia e palestras marcam o início do Intercom Norte 2010

Com o Anfiteatro Garibaldi Brasil lotado, a Universidade Federal do Acre e a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação abriram na noite dessa quinta-feira, 27, o Intercom Norte 2010. O evento, que vai até o dia 29 de maio, é o maior congresso a discutir os estudos da Comunicação Social na região Norte e reúne esse ano cerca de 400 participantes, entre acadêmicos, professores, comunicólogos, mestres e doutores em comunicação.

intercom

O vice-reitor da Ufac, Pascoal Torres Muniz, abriu o congresso. Já a reitora Olinda Batista, mesmo não podendo participar do evento, gravou um vídeo de boas vindas, agradecendo a chegada de todos os participantes e as comitivas presentes de todos os estados da Região Norte e desejando “que todos possam interagir com perspectiva de melhorias da qualidade do seu curso dentro das discussões do trabalho”.

Aleta Dreves é a coordenadora do curso de Jornalismo da Ufac e organizadora do evento. “Sinceramente, espero que esse congresso seja um marco no coração de vocês, assim como será no coração de nossos alunos”, disse na abertura. Aleta ainda lembrou que esse ano, o curso de Jornalismo da Ufac completa 10 anos e como presente ganhou a promoção do Intercom Norte.

A Diretora de Documentação da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, Maria Cristina Gobbi, falou que, “com o tema comunicação, cultura e juventude, temos um triplo desafio.” A Pós-Doutora em Comunicação citou a complexidade da comunicação, a dificuldade de falar de cultura em um país tão grande, e da juventude, que protagonizou e protagoniza tantas mudanças junto a um espírito livre.

Jorge Henrique, representando o Sistema Público de Comunicação do Estado do Acre, disse que “os processos de comunicação se fortalecem em suas mais variáveis faces, desde a pesquisa até o trabalho em campo”. Já o estudante de Doutorado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Marcelo Gabby, que realizou um pequeno “pré-show” antes do evento, terminou sua apresentação emocionado. “Eu que já participei de vários Intercons, sinto que esse será um Intercom histórico por ter conseguido reunir uma galera tão grande em Rio Branco, um pedaço a desbravar do nosso país”.

Palestras de abertura

“É importante que o olhar brasileiro seja o olhar de vocês”. Foi com essas palavras que o jornalista do Globo Universidade, André Curvelo, começou sua palestra de abertura do Intercom, falando sobre o valor da região amazônica, um tesouro de informações que deve ser mostrado do jeito daqueles que vivem nela, compartilhar nossos problemas e dádivas com o resto do Brasil.

Além de sua experiência jornalística, Curvelo aproveitou para apresentar um amplo painel sobre a relação entre a universidade e o jornalismo. Em seguida, o repórter Bruno Cássio, da TV Acre, falou sobre a importância do conhecimento acadêmico na formação profissional do jornalista, a Internet e a contribuição para a qualificação profissional.

O Intercom Norte 2010 continua nessa sexta-feira e sábado, com mais palestras, oficinas, divisões temáticas, painéis, debates, publicação de artigos e apresentações culturais. Mas é o Expocom um dos momentos mais aguardados pelos alunos participantes. O Expocom é uma mostra competitiva de trabalhos acadêmicos em várias categorias. Esse ano, mais de 70 trabalhos serão expostos. A apresentação e premiação dos vencedores acontece durante toda sexta e sábado. Muitos alunos vêm para o Expocom com o total objetivo de ganhar e escrever seu nome na história do congresso.

O Intercom Norte é promovido pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação e realizado pela Universidade Federal do Acre. Conta com o patrocínio da Ford Foundation, Companhia de Selva, Uninorte e Iesacre, apoio do Sindicato dos Jornalistas do Acre, Globo Universidade e Governo do Estado do Acre. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation