PM comemora 94 anos no Acre

Os 94 anos da Polícia Militar no Acre foram comemorados com promoções de oficiais e entregas de medalhas. A solenidade, que contou com a presença do vice-governador César Messias, foi realizada no fim da tarde desta terça-feira, 25, e a chuva forte que caiu não atrapalhou a festa. Pelo menos 1,5 mil militares estavam em formação em frente ao Quartel da PM.

comemora_pm_1

Entre os 59 oficiais promovidos, o tenente-coronel Júlio César, com 22 anos de carreira dedicada à PM, foi promovido por merecimento a coronel. “É um orgulho muito grande fazer parte de uma corporação renovada, honesta e bem equipada. Ao mesmo tempo, a responsabilidade aumenta. Estamos aqui para dividir essa responsabilidade de garantir a segurança pública do nosso Estado com os demais coronéis pelo bem da sociedade”.

Na cerimônia, foram entregues as medalhas Plácido de Castro, Fontenele de Castro e João Donato e medalhas de 10, 20 e 30 anos de serviços prestados à corporação. Para o coronel Romário Célio, comandante da PM, as promoções representam uma premiação na corporação. “É um prêmio para os policiais que trabalham e deixam seus afazeres com a família para se dedicarem ao trabalho. Os oficiais que foram promovidos são pessoas que vão honrar a farda que usam, honram a sociedade, a corporação e vão se dedicar ainda mais à missão de promover a segurança pública no nosso Estado”.

O vice-governador do Estado do Acre, César Messias, passou em revista às tropas e acompanhou toda a solenidade. Ele destacou o importante papel que a PM tem para a sociedade e a bonita história que foi construída ao longo dos 94 anos de existência.

“Hoje a PM e a o Acre estão em festa pelos 94 anos da polícia militar, uma corporação que nos honra muito pelo trabalho que fez e que continua a fazer pela sociedade acreana. Hoje nós temos aqui mais de 1,5 mil homens, além do resto do efetivo que não está aqui. Em julho, o Governo do Estado entrega à PM mais 600 policiais, que passaram por um rigoroso processo de formação. Hoje o Acre tem o segundo maior efetivo, em termos proporcionais, do Brasil. Isso tudo é motivo de orgulho, pois o Acre está muito bem servido”.

A secretária de Segurança, Márcia Regina, parabenizou o efetivo. “A chuva que caiu não atrapalhou a festa e os nossos policiais mostraram que não se intimidam com dificuldades. A nossa sociedade tem muito o que se orgulhar”.

História da PMAC

A Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC) tem como missão fundamental o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública. Signatária de uma rica história, a PMAC tem seus pilares iniciados em 25 de maio de 1916, quando o Governo Federal criou as Companhias Regionais, que mais tarde foram substituídas pela Força Policial do Território Federal do Acre. Em 30 de junho de 1934, essa unidade dá lugar a Polícia Militar do Território Federal do Acre, denominação que perdurou até 6 de setembro de 1945, quando foi criada a Guarda Territorial do Acre. Com a promulgação da primeira constituição acreana, em 1° de maio de 1963, o nome da milícia acreana passa a ser Polícia Militar do Estado do Acre.

Em sua gestão, o governador Binho Marques criou as regionais de segurança, o que permite resposta mais rápida e objetiva às demandas da comunidade. O sistema de segurança pública está com uma nova forma de atuar na segurança, com o olhar focado numa determinada região e  estratégias integradas.  E os investimentos são altos. Somente no início deste mês de maio, o Governo do Estado entregou viaturas, barcos e lanchas para a Polícia Militar em cerimônia que marcou a graduação de 211 promovidos de terceiro para segundo-sargento pelos critérios de antiguidade e merecimento.

Vários outros investimentos também estão a caminho na PM. Em junho próximo será realizada a formatura de 600 novos soldados que atualmente fazem curso no Ciesp, que não é apenas um estabelecimento formador  de profissionais em segurança, mas de cidadãos aptos ao desempenho ético de suas funções como homens públicos.

Somando-se os investimentos dos dois últimos anos, o sistema de segurança pública do Acre recebeu R$ 15.096.927,51, levando-se em conta os recursos obtidos junto ao Ministério da Justiça, BNDES e Tesouro Estadual.

“A chuva que caiu não atrapalhou a festa e os nossos policiais mostraram que não se intimidam com dificuldades. A nossa sociedade tem muito o que se orgulhar. Márcia Regina, Secretária de Segurança do Acre

(Agência Acre)

comemora_pm_2 comemora_pm_3

Assuntos desta notícia


Join the Conversation