Operação Limpeza prende doze em apenas meio-dia de buscas

A Operação Limpeza da Polícia Militar deteve ao menos doze pessoas – entre elas dois adolescentes – acusados de envolvimento com crimes que vão desde o tráfico de drogas até homicídio, na manhã de ontem, 27.
Presos-operacao
As prisões foram comandadas pelo major Marcos Kympara, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, responsável pelo policiamento ostensivo de uma das regiões mais populosas da Capital, o Segundo Distrito.

Armados, quatro deles invadiram a casa de uma família na região, renderam as vítimas e levaram dinheiro, pertences pessoais e o veículo Gol da família. Entre os quatros estão dois adolescentes apreendidos. 

Dos 10 maiores de idade, 6 são ex-presidiários e 4 em liberdade condicional. As únicas duas mulheres presas, duas jovens, não tinham passagem pela polícia. 
O objetivo é sufocar a marginalidade, sobretudo, em bairros como o Belo Jardim, o Recanto dos Buritis (antigo bairro Mauri Sérgio), e Taquari.

Entre os presos está um adolescente de 16 anos, que estaria envolvido na morte do policial militar Jucivan Teles Nogueira, 33 anos, no dia 1º de setembro do ano passado, no Recanto dos Burutis. Na época, ele teria invadido a casa do soldado com comparsas e executado o militar.

A Operação Limpeza continua até a próxima segunda-feira, 31.

Veja os nomes dos presos
Ana Quéssia da Silva Viana, 19 anos; (presa por recepção e roubo)
Carla Simone Saraiva de Freitas, 20 anos; (presa por recepção e roubo)
Cléberson de Oliveira, 26 anos; (acusado por recepção e em condicional)
Diele Pereira da Silva, 19 anos; (acusado por recepção)
Júlio de Oliveira Jeber, 23 anos (acusado de tentativa de homicídio e preso em liberdade condicional);
Jeremias de Melo Ferreira, 19 anos;
Francisco Vieira Batista, 25 anos (responde por crime de furto);
Mário Francisco de Andrade, 31 anos (responde por roubo e furto);
Joel Oliveira da Silva, 32 anos, (preso por receptação e tráfico).

Assuntos desta notícia


Join the Conversation