Gladson defende reivindicação da Justiça Federal e do TRE

gladson_deputado_1

Uma comissão de servidores da Justiça Federal no Acre e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) formada pelos servidores Lenilda Nogueira, Dênis dos Anjos e Josemir Nogueira esteve reunida na manhã desta sexta-feira, 28, com o deputado federal Gladson Cameli (PP).

Além de fazer uma exposição para o deputado acerca do movimento de greve deflagrado na última quarta-feira,26, eles solicitaram apoio para acelerar a instalação de uma Secção Judiciária Federal no município de Cruzeiro do Sul, o que irá beneficiar os moradores do Vale do Juruá, que poderão ingressar em juízo nas ações de competência da Justiça Federal na região, evitando os deslocamentos para o município de Rio Branco, o que torna dispendioso a demanda, e que por vezes inibe o ingresso da ação deixando assim o cidadão de ver o seu direito.

A criação da Vara já para 2011 irá facilitar, por exemplo, o acesso das pessoas ao benefício previdenciário bem como de aposentadorias, ações propostas contra o INSS, da competência da própria Justiça Federal.

“ Estou a disposição desta reivindicação e me comprometo em fazer gestão junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para criação da Vara da Justiça Federal em Cruzeiro do Sul já em 2011 visto que a sociedade cruzeirense bem como os municípios adjacentes aguardam há tempos a criação deste órgão”,disse o deputado.

A instalação irá proporcionar o acesso célere à jurisdição, garantindo assim o direito constitucional do acesso ao Judiciário.

O deputado compromete-se ainda em fazer gestão junto ao Ministério do Trabalho e Emprego para liberação da Carta Sindical do Sindicato dos Servidores da Justiça Federal e do TRE do Acre com relação ao movimento de greve acerca da implantação do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS) da categoria.

“Sou solidário com todos os servidores por entender que a reivindicação apresentada pela categoria é justa, pois a Justiça Federal bem como a eleitoral mostram-se sempre eficientes e céleres no trabalho prestado à sociedade acreana”, finalizou ele. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation