Acre tem segundo melhor maio na geração de emprego

O Acre teve o segundo melhor mês de maio na geração de empregos com carteira assinada. No período, 633 vagas foram abertas; um crescimento de 1,03% quando comparado com o mês anterior. Esse desempenho só fica atrás de maio de 2008, quando 816 pessoas foram contratadas. A construção civil e a indústria de transformação foram os principais setores responsáveis pelo bom resultado.
Oposicao-20105555
As construtoras contrataram 442 trabalhadores no período. Já a indústria de transformação assinou a carteira de 107 pessoas. Nos cinco primeiros meses de 2010, o Acre tem um saldo de 1.180 vagas abertas. Esse é o melhor resultado para o acumulado do ano na série histórica do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Em terceiro lugar entre os maiores empregadores está o setor de serviços, com 80 contratações.

Nos últimos 12 meses, o Caged registrou um aumento de quase 4% no nível de emprego no Estado, o que representa a criação de 2,3 mil postos de trabalho. Os únicos setores a apresentar números negativos em maio foram a administração pública (-14) e o extrativismo vegetal (-3). 

A taxa de desocupação em todo o país foi estimada em 7,5% em maio, segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), resultado considerável estável em relação ao de abril (7,3%). No confronto com maio de 2009 (8,8%), a taxa recuou 1,3 ponto percentual, atingindo seu menor nível, para um mês de maio.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation