Divisão da Sesacre adota Dia Mundial Sem Fumo com diagnósticos no órgão

Para a conscientização sobre o Dia Mundial Sem Fumo, ontem, 31 de maio, a Divisão de Agravo Crônico-degenerativos, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), realizou diagnósticos nos servidores da referida instituição, no antigo prédio do Banacre, contra os males do tabagismo. Com o tema Mulher, você merece algo melhor, o objetivo do ato foi fazer com que os trabalhadores da Sesacre sejam um verdadeiro exemplo de saúde preventiva aos demais órgãos públicos e, especialmente, para a população.

Conforme Adriana Lobão, gerente da divisão, o tema deste ano é centrado nas mulheres porque a capital acreana é proporcionalmente a primeira com maior índice de fumantes do sexo feminino. A meta é mudar este quadro. Para tanto, além de diagnósticos da saúde dos funcionários, foram feitas medições de PA (Pressão Arterial), cálculo de IMC (Índice de Massa Corporal), testes de glicemia capilar e conselhos de nutrição.

“Estamos tentando mostrar para as mulheres de Rio Branco o quanto o tabaco pode ser prejudicial para a saúde. O cigarro pode causar envelhecimento precoce, perda de auto-estima, câncer de boca, aborto natural para grávidas e seqüelas com deformações corporais. Portanto, é importante reduzirmos estes índices”, detalha Adriana.

Em números, nos últimos anos o Acre teve 49 mortes por causa de problemas fatais relacionados à traquéia, brônquios ou pulmões. Destes óbitos, a divisão é equilibrada: 25 mulheres e 24 homens (apesar do índice de fumantes entre mulheres ser bem maior, os homens ainda são quem menos se tratam das seqüelas).

Ao todo, cerca de 20 pessoas realizaram as atividades ontem, entre profissionais da divisão da Sesacre e alunas de Enfermagem da Uninorte. Além das ações contra o fumo, outra forte prevenção feita foi em relação à saúde bucal. Vale ressaltar que o serviço preventivo da divisão pode ser solicitada através da Sesacre.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation