Feirão da Caixa em Rio Branco encerra com recorde de contratação

O 6º Feirão Caixa da Casa Própria encerrou domingo dia (13), na capital Rio Branco com todas as expectativas concretizadas. Cerca de 24 mil pessoas visitaram o evento durante os três dias,.O Feirão na capital acreana contou com a participação das maiores construtoras e imobiliárias de nosso Estado, além de outros parceiros. A Caixa movimentou durante os três dias de evento recursos da ordem de R$ 38 milhões em decorrência de 640 negócios realizados, excedendo os valores registrados no ano passado que registrou R$ 28 milhões.

Para o Superintendente da CAIXA em exercício Josemir Canizo, esse feirão foi especial, pois além de já ter se tornado tradição na cidade, ocorreu em ritmo de Copa. “O feirão tem a característica de agregar em um só local todo o segmento da habitação e a Caixa viabilizando crédito para tornar real o sonho da casa própria para nossa população”. Aproveitou ainda para agradecer a todos os colaboradores que com muito espírito público sacrificaram seu final de sema para bem servir a nossa população.”disse ele.

A Caixa financiou imóveis novos, usados e a grande maioria na planta, que fomentará emprego e renda para Rio Branco. As linhas de financiamento atenderam as faixas de renda familiar acima de três salários. A CAIXA lembra que o financiamento habitacional continua em suas agencias por todo o estado sem prazo de termino com as mesmas condições do feirão; prazo de pagamento de até 30 anos e prestações decrescentes. Os juros variam entre 3,75% e 12,1% ao ano, mais TR. O financiamento pode ser feito através das cartas de crédito FGTS para imóveis novos ou SBPE para usados e novos.

O público pode escolher o imóvel entre vários empreendimentos imóveis novos que variaram de R$69.000,00 a R$ 300.000,00 todos disponíveis para financiamento. Em sua terceira edição na capital acreana e sexta nacional, fora ofertado este ano mais de 1000 imóveis sendo 70% deles imóveis novos e na planta, numero que promete esquentar a economia de Rio Branco. (Ascom Caixa)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation