Gildo César nega atraso de salários na Emurb

Em virtude de denúncia de atraso de salário, feita à imprensa por servidores contratados este ano através de concurso simplificado, o diretor-presidente da Emurb, Gildo César, informou ontem que não existe pagamento atrasado e sim verbas rescisórias e que estas estariam sendo pagas ontem mesmo. “Tudo que estava devedor está sendo pago agora”, garantiu.

Através de denúncia anônima à imprensa, alguns concursados recém-contratados informaram que estariam há dois meses sem receber e sem fazer jus ao benefício do vale-transporte. Afirmaram ainda que a direção não deu qualquer explicações acerca do atraso.

Segundo o diretor-presidente da Emurb, Gildo César, os salários dos concursos estão sendo pagos normalmente. Admite que houve uma certa demora no pagamento de algumas rescisões, mas que tudo já estaria sendo quitado.

De acordo com Gildo, o concurso simplificado foi a forma que o município encontrou de regularizar a situação dos trabalhos que trabalhavam por meio de contrato por tempo determinado. “De seis em seis meses a gente abre uma nova frente de serviço, então decidimos fazer o concurso simplificado com validade de dois anos”, explicou.

O concurso foi realizado através da Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (Fundape) e selecionou 340 nos níveis Médio e Fundamental. Foram disponibilizados cargos nas áreas de apontador, encanador, chefe de campo, nivelador, operador de trator, dentre outras. Os salários variam de R$ 510,00 a R$ 875,21.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation