Gladson garante ônibus escolar para nove municípios

gladonibus
Depois de uma longa negociação que incluiu muita articulação política e diversos contatos com autoridades do setor, o deputado Gladson Cameli conseguiu da Secretaria Executiva do Ministério da Educação a sinalização da liberação de recursos para a aquisição de ônibus escolar para nove municípios acreanos. Os recursos ,oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação(FNDE) , fazem parte do Programa Caminho para a Escola e devem ser liberados ainda esta ano.”É uma notícia mais que promissora para toda classe estudantil do  interior”,disse o deputado.

Segundo o deputado, o Caminho da Escola é um programa específico do Governo Federal para garantir a segurança e a qualidade do transporte de estudantes. Com a garantia do ônibus escolar ,de acordo com o deputado, reduz-se a evasão escolar  ampliando, por meio do transporte diário, o acesso e a permanência na escola dos estudantes matriculados na educação básica da zona rural das redes estaduais e municipais.”Além de encurtar caminhos,o transporte diminui sensivelmente o absenteísmo(falta nas aulas) e estimula os alunos a seguir o ritmo escolar com a certeza da presença escolar garantida”,acrescenta o parlamentar.

No caso do Acre, o Programa Caminho da Escola, conforme o deputado, vai garantir a  aquisição de ônibus por meio de pregão eletrônico. Os recursos são assegurados por convênio firmado com o FNDE. Por solicitação do deputado, nove municípios dos vales do Acre, Purus, Iáco e Juruá foram beneficiados com unidades de ônibus escolar: Cruzeiro do Sul (3), Mâncio Lima (1), Marechal Taumaturgo (3), Porto Acre (2), Porto Walter (1), Rodrigues Alves (1), sema Madureira(1), Senador Guiomard (1)e Tarauacá(3). As unidades deverão estar em serviço já no próximo ano letivo.

Para Gladson, a instalação do Programa Caminho da Escola foi uma inovação do Governo Federal que veio contribuir definitivamente para o estímulo e garantia da educação básica na zona rural. Durante alguns meses uma equipe de Brasília  do Ministério da Educação  fez um levantamento preliminar e ,em seguida,  mapeou in loco as necessidades locais de transporte escolar dos municípios.Coube então o esforço e determinação política para agilizar a liberação dos recursos e a aquisição dos ônibus.”Foi uma vitória de todos os estudantes do meio rural .Cabe apenas às prefeituras beneficiadas  preencher o Sistema de Informação dos Orçamentos Públicos em Educação,o Siope“, alertou o deputado.  (Assessoria)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation