Acreanos são medalhistas em Mundial de Jiu-Jitsu no Rio

Os atletas Daniel Souza Franco e Lourival Camilo Neto representaram o Acre durante o International Rio Open 2010, o Mundial do Jiu-Jitsu, e conseguiram trazer duas medalhas para o Estado. Daniel foi prata e Neto trouxe o bronze em suas categorias, mesmo tendo que arcar com as despesas contando com a ajuda apenas dos amigos e familiares.
Jiu-Jitsu
“Os resultados que o Jiu-Jitsu vem trazendo demonstram o nosso nível”, disse o professor dos atletas, Ivanor. “O que nos falta são melhores condições (recursos) para podemos representar bem, fazer intercâmbio, pois o que conquistamos foi na raça”, desabafou Daniel.

A competição, realizada no ginásio Tijuca Tênis Club, no Rio de Janeiro/RJ, teve início no dia 22, com quatro dias de duração e a presença de atletas de aproximadamente 20 países, entre eles os favoritos Estados Unidos, Rússia, Dubai, são alguns.

Daniel levou a prata disputando o Super Pesado (95 a 100,5kg), na faixa marrom, enquanto Neto trouxe o bronze na Pesada (92kg), faixa marrom. O lado positivo foi que os atletas venceram suas lutas contra estrangeiros e acabaram derrotados por brasileiros, garantindo o podium para o país. “Mas tenho certeza que temos potencial para trazer mais medalhas para o Acre”, ressalta Neto.

Nem bem desembargaram no Estado, os dois atletas começam a preparação visando a Copa Osvaldo Alves, em Manaus/AM, e o Brasileiro Sem Quimono, no Rio de Janeiro/RJ, ambos no mês de setembro.

Superação – Daniel embarcou quatro meses antes do Mundial para intensificar os treinamentos na academia GFT, do professor Renato Domingos, no Rio de Janeiro. Neste período o acreano perdeu exatos 46kg, descendo dos seus 136kg para os atuais 90kg. “Isso me deu mais mobilidade dentro do tatame”, enfatizou o atleta de 26 anos.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation