Em ranking de transparência, Acre ocupa as últimas posições

Em uma escala que varia de 0 a 10, o Acre obteve a nota 3,82 quando o assunto é transparência nos gastos dos recursos públicos. Com isso, o Estado ocupou a 23º posição no Índice de Transparência (IT), levantamento realizado pela organização Contas Abertas, para aferir a disponibilização de dados pelos governos sobre como realizam o uso do dinheiro do contribuinte.

O dado vem de contramão a outras pesquisas que apontam melhoras nos níveis sociais e econômicos, como o resultado do último Ideb e os dados sobre a redução da pobreza divulgados pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada). O Acre fica atrás somente de Roraima e Piauí, com notas 3,31 e 3,04, respectivamente. Os vizinhos Rondônia e Amazonas ficaram entre os 10 primeiros colocados.

 O Governo Federal, de São Paulo e de Pernambuco ocuparam a dianteira do IT. A principal ferramenta analisada pelo Contas Abertas para estipular a transparência são os próprios portais dos governos. O estudo teve como metodologia a comparação de 3 temas: conteúdo, usabilidade e série histórica/atualização. A organização também usou 15 parâmetros e um conjunto de 110 itens.

No critério usabilidade, o Acre obteve uma pontuação de 26,7%. No portal do governo não existem ferramentas como Manual de Navegação, Glossário e Fale Conosco para esclarecimento das dúvidas dos cidadãos quanto aos gastos públicos. Também não é possível realizar o download dos bancos de dados A pesquisa critica o fato de as informações não estarem disponíveis em um único site.

Quanto ao conteúdo, o portal do Palácio Rio Branco alcançou pontuação de 40%. É possível acompanhar quase todas as fases da execução orçamentária, desde sua aprovação até os pagamentos efetuados. Entretanto, o governo não disponibiliza informações sobre seus funcionários, como nome, cargo, vínculo e renumeração.     

São Paulo e Pernambuco não ocultam estes dados. Os sites dos dois governos disponibilizam dados sobre seus servidores públicos, em uma relação completa de cargos e funções, incluindo a remuneração por posto de trabalho e salários. O Governo do Acre oferece aos cidadãos as informações sobre o que será comprado e quem será o respectivo fornecedor.

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation