Moradores da Estrada Jarbas Passarinho cobram reposição de asfalto

Munidos de cartazes e usando nariz de palhaço, moradores da Estrada Jarbas Passarinho protestaram ontem (27) em frente à Prefeitura de Rio Branco, no Bosque. Eles reivindicam a recomposição de 5 Km de asfalto – que teriam sido arrancados há 10 anos – e a reativação do posto de Saúde e da escola, atualmente cedidos a uma instituição que trabalha com a reabilitação de dependentes químicos.
Jarbas-passarinho
Das cerca de 100 famílias que vivem às margens da estrada, pelo menos 40 participaram do movimento. A concentração começou às 6h30 da manhã. Uma farta mesa de café-da-manhã foi montada em frente à sede do poder municipal. Os manifestantes asseguram que só deixam o local após uma resposta positiva acerca das reivindicações.

“Olha os palhaços do Jarbas Passarinho aqui”, gritavam em coro, numa clara demonstração de insatisfação com o poder público. Segundo o morador Edicarlos Conceição da Silva, muitas promessas já foram feitas, mas até agora nenhuma delas foi cumprida. Ele reclama que o asfalto removido estava em perfeitas condições.

“Não podemos aceitar, também, ficar sem escola e sem posto de saúde por causa de seis dependentes químicos. Isso é um descaso com a nossa comunidade. Estamos falando de cem famílias que foram abandonadas pelo poder público”, protesta.

Por volta de 8h30 da manhã, uma comissão composta de oito moradores foi recebida pela equipe de articulação da gestão municipal para uma conversa. Do diálogo resultou o encaminhamento para uma reunião com representantes do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre) e da Prefeitura para tentar pôr fim ao impasse.

Durante o encontro, ficou acertado que nesta quarta-feira (28), às 9h, uma equipe do Deracre e da Prefeitura farão uma vistoria para verificar as condições da estrada. Os moradores também pediram que eles analisassem a ponte localizada logo após o chalé, que já apresentas problema há seis anos. Pediram ainda a abertura de mais dois quilômetros de ramais naquela região.

De acordo com o morador James Souza, que participou da reunião, também ficou definido que no próximo dia 5 de agosto, moradores e representantes do Governo e da prefeitura voltarão a se reunir para encaminhar as melhorias.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation