Ciro declara apoio a Dilma e diz que ainda vai ser presidente

Ciro Gomes declarou seu apoio à petista Dilma Rousseff e lamentou não estar concorrendo às eleições deste ano como planejado. “Gostaria muito de ser (candidato à presidência da república). Mas mais importante que isso é o nosso País.
Ciro
Então estou apoiando a Dilma. Não tem vacilação. Aquela gente que no passado quase arrebenta o Brasil, a turma do Fernando Henrique, nunca mais”, afirmou Ciro em entrevista à TV Cidade, de Fortaleza, afiliada da Rede Record, na noite de quinta-feira (22).

O deputado federal pelo PSB no Ceará ainda disse ter sofrido uma “rasteira”, quando seu partido retirou sua candidatura à presidência da República. “A direção do meu partido deu corda na minha candidatura até a véspera, e na véspera tiraram meu tapete”, afirmou. Porém, Ciro reforçou que essa fase passou e que ainda vai conseguir seu objetivo: “Tenho saúde, tenho 52 anos e (vocês) ainda vão me ver presidente do Brasil”.

Ciro aproveitou e comentou o apoio de sua ex-mulher, a senadora Patrícia Saboya (PSB), à candidata do PV Marina Silva. “Ela é independente, como toda mulher cearense, não quer nem saber se eu apoio a Dilma (…) a Marina é uma grande brasileira”, disse.

Ciro aproveitou a entrevista para dizer que vai ser comentarista político na própria TV Cidade, em Fortaleza. (Terra)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation